Coluna

Top.com: tratamento facial

Top.com

ZILDA QUEIROZ - rozilda.queiroz@diariodonordeste.com.br • Coluna escrita por Zilda Queiroz

00:00 · 14.10.2017

Os vasinhos que costumam aparecer no rosto, especialmente, na região dos olhos, lábios e do nariz surgem com mais frequência nas mulheres. Conforme a fisioterapeuta dermatofuncional Anna Christina Henriques, isso acontece pelo fato de a pele feminina ser mais fina do que a masculina: "Os vasos decorrem de predisposição individual e podem surgir em qualquer idade". Entre os tratamentos para eliminar os vasos existentes na área do rosto, a dermatofuncional recomenda os procedimentos realizados com laser. "As sessões podem ser aplicadas em qualquer fase da vida, mas têm restrições a peles com lesões, feridas, queimadas por exposição solar ou submetidas a tratamentos com ácidos", alerta Anna Christina Henriques.

Cirurgia íntima I

Dados da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica revelam que o Brasil é campeão mundial na realização de cirurgia íntima. De acordo com o cirurgião plástico Dr. Victor Lima, "a ninfoplastia, diminui o tamanho dos pequenos lábios, favorece o rejuvenescimento e melhora a aparência da genitália".

Cirurgia íntima II

Conforme o especialista, as cirurgias da região íntima feminina costumam ser rápidas e pouco dolorosas. "A ninfoplastia é um procedimento tranquilo, tem duração média de uma a duas horas e internação de 24 horas. "Além disso, a paciente pode retornar às atividades rotineiras mais leves em até três dias", diz o Dr. Victor Lima

Lifting facial

As técnicas de rejuvenescimento facial menos invasivas são realizadas com lasers, radiofrequências e ultrassons. "Além de não afastar o paciente das atividades diárias, estimula o colágeno, e o músculo atingido produz efeito lifting", destaca o dermatologista. Dr. Abdo Salomão.

Evento

A Estética In Nordeste-Feira de Beleza, Saúde e Bem-Estar acontece de 28 a 30 deste mês, no Centro de Eventos do Ceará. O evento, que reúne profissionais renomados da estética mundial, promete surpreender o público cearense com lançamentos de cosméticos e abordagens de temas relevantes para os procedimentos estéticos.

Pele homogênea

De acordo com a dermatologista membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia e da Academia Americana de Dermatologia Dra. Claudia Marçal, a luz visível é um perigo na rotina diária. Ela é capaz de promover a médio e longo prazos um quadro de eritema mesmo que subcutâneo. Uma dica para evitar esse tipo de problema é o uso frequente de fotoprotetor com base. "A cor presente na composição dos protetores serve como barreira física à luz visível", afirma.

Image-1-Artigo-2308229-1

Últimos Artigos

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.