coluna

Top.com: Livre de testes em animais

Top.com

ZILDA QUEIROZ - rozilda.queiroz@diariodonordeste.com.br • Coluna escrita por Zilda Queiroz

00:00 · 28.04.2018

Para o consultor e pesquisador em cosmetologia Lucas Portilho, os métodos que substituem os animais na pesquisa para fins cosméticos estão cada vez mais viáveis e eficientes. Uma das metodologias mais acessível é a tecnologia in vitro. "Neste método, células e tecidos são criados artificialmente para estudo, manipulação e teste de eficácia", explica.

Outra alternativa é a criação de pele artificial, que reproduz os mesmos tecidos biológicos da humana e pode ser utilizada para avaliar a toxicidade e a eficácia de novos compostos nas indústrias de cosméticos. Outra dica de Lucas Portilho é a bioimpressão em 3D. "A técnica permite a reprodução automatizada de tecidos humanos que imitam a forma e a função dos tecidos originais do organismo", ressalta.

Fique de olho

Maquiagem

A dermatologista Dra. Maria Clara Couto afirma que os cosméticos convencionais contêm ingredientes químicos, inclusive, associados a problemas de saúde. "Nesse contexto, os brilhos labiais e os batons têm potencial de exposição a produtos químicos maior por meio da ingestão. Por isso, merecem atenção redobrada", alerta.

Má circulação

Dor na panturrilha

Alterações na coloração da pele são comuns em pessoas com pouca circulação. Conforme a angiologista Dra. Aline Lamaita, os sinais aparecem quando pés e pernas são elevados e ficam pálidos. Já quando os pés estão no chão, a vermelhidão na perna, conhecida como rubor dependente, pode indicar problema vascular".

Rinoplastia I

Estudo recente da Academia Americana de Cirurgiões Plásticos Faciais, constatou que 55% das cirurgias plásticas no nariz feitas em todo o mundo têm como motivo melhorar a aparência do formato que geralmente é hereditário. A rinoplastia pode mudar do tamanho até a ponta dessa região do rosto.

Rinoplastia II

Segundo o cirurgião plástico Dr. Giancarlo Dall' Olio, a cirurgia só pode ser feita nos casos em que o crescimento facial esteja finalizado. Isso ocorre, em média, a partir dos 13 anos de idade. "No pré-operatório, o exame de tomografia computadorizada pode auxiliar no planejamento cirúrgico", revela o médico.

Qualidade da pele

Envelhecer

O envelhecimento da pele e o aparecimento de rugas e linhas de expressão são processos naturais do organismo. O principal causador do aparecimento das rugas é a qualidade da pele, que pode ser comprometida por fatores como genética, características anatômicas ou idade. Porém, segundo a dermatologista Dra. Claudia Marçal, hábitos comuns no dia a dia aceleram o processo de envelhecimento cutâneo. "A exposição solar causa dano oxidativo, inflamação do tecido e a produção de enzimas que degradam colágeno, deixando a pele flácida e com rugas".

Últimos Artigos

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.