COLUNA

Top.com: Diferença de métodos

00:00 · 12.08.2017

A fisioterapeuta dermatofuncional da Onodera Estética, Ingrid Peres, explica a diferença entre as massagens redutora, modeladora e drenagem linfática manual. "A redutora é aplicada em áreas específicas, como abdomen e culote".

A modeladora é indicada para reduzir medidas e melhorar o aspecto da celulite. A técnica utiliza movimentos firmes, rápidos, e com pressão nas manobras. "A drenagem previne as celulites e reduz edemas, com movimentos leves", diz Ingrid Peres.

Defeitos

Mexer nas sobrancelhas por conta própria pode causar buracos entre os fios. Isso acontece quando são retirados alguns pelinhos a mais. Conforme a designer Samya Peixoto, se isso acontecer, "a solução imediata é passar uma sombra com pincel para cobrir as falhas. Na escolha do tom, leve em conta a cor do cabelo", aconselha.

Pele macia

"Mesmo seguindo um ritual de beleza, como limpeza, tonificação, hidratação e proteção, alterações como manchas e cicatrizes de acne prejudicam a textura da pele", explica o dermatologista Dr. Abdo Salomão, membro da Sociedade Brasileira de laser em Medicina e Cirurgia e da American Academy of Dermatology.

Dieta detox I

Segundo a nutricionista Patrícia Ceolin Grassi, o principio da dieta desintoxicante "é a retirada de produtos industrializados e o acréscimo de alimentos ricos em nutrientes, vitaminas, minerais, fibras e fitoquímicos", afirma.

Dieta detox II

Já quem consome doces, gorduras e alimentos industrializados esporadicamente, a especialista diz que não precisa se preocupar. "Isso porque o organismo consegue fazer essa desintoxicação", reforça Patrícia Grassi.

Perda de massa muscular

Além de complicações estéticas, a perda progressiva e generalizada de massa muscular após os 40 anos é um problema sério que pode gerar redução de performance, aumento da incapacidade física, maior risco de quedas e hospitalizações. "Estudos sugerem risco cardiovascular associado à sarcopenia", afirma Luisa Saldanha, farmacêutica e diretora técnica da Pharmapele. Pesquisa do The European Working Group on Sarcopenia in Older People (EWGSOP) afirma que dos 40 aos 70 anos há uma perda de 8% da massa muscular a cada década.

Últimos Artigos

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.