Coluna

Top.com: "Desperdício nutricional"

Top.com

ZILDA QUEIROZ - rozilda.queiroz@diariodonordeste.com.br • Coluna escrita por Zilda Queiroz

00:00 · 05.11.2016

Estudo sobre a composição mineral em cascas de frutas concluiu que o maracujá, o melão e o mamão apresentaram teores de nutrientes maiores do que os das partes comestíveis. Segundo o nutricionista Leonardo Carvalho, as cascas das frutas são fontes alternativas de nutrientes. "Os minerais são vitais para o bom funcionamento do corpo humano, e as frutas, as principais fontes dessas substâncias. Por isso, é importante o aproveitamento integral dos alimentos", ressalta.

>> Cuidados com a pele antes e após depilação

Ouro

A máscara em gel concentrada possui nanopartículas de ouro associadas a peptídeos, que têm ação comprovada no estímulo à produção de colágeno. "O cosmético promove a estimulação de impacto e rejuvenescimento intensivo que preenche o contorno facial", afirma Mirtes Alves, fisioterapeuta dermatofuncional.

Mais uma dieta

O jejum intermitente é recomendado apenas para quem possui dieta saudável e baixa em carboidratos. "O jejum deve ser baseado nas atividades do paciente", ressalta a nutricionista Gabriella Alves que tem a dieta como tema na dissertação de mestrado em Ciências da Saúde pela Universidade de Brasília (UnB).

Psoríase I

A Sociedade Brasileira de Dermatologia está com a campanha para melhorar a qualidade de vida e diminuir o preconceito relacionado à doença. O foco do trabalho este ano são os diagnósticos trocados, como por exemplo de caspas, alergias e micoses de unhas, que na maioria das vezes são confundidos com a psoríase.

Psoríase II

Segundo informações da (SBD), a campanha reforça a importância do diagnóstico correto para que os sintomas da doença não sejam confundidos com outros males. O carro-chefe da ação é o vídeo com o testemunho de pacientes que conseguiram sucesso no tratamento. Assista ao filme no endereço: bit.Ly/vídeopsoríase2016.

Tratamento facial

O lifting facial CO2 intraoral acaba de chegar ao Brasil, com a proposta de renovar a pele do rosto de forma indolor. De acordo com a médica-cirurgiã, pós-graduada em medicina estética pela Universidade John F. Kennedy, Dra. Carla Góes, o procedimento não deixa manchas nem tem necessidade de cuidados após o laser. "O tratamento pode ser feito por pessoas que têm barba ou que precisam voltar ao trabalho sem nenhuma alteração na pele, isso tudo só é possível, porque o lifting intraoral é realizado de dentro para fora e atua na camada mais profunda da pele", esclarece a médica.

Últimos Artigos

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.