coluna

Corpore Sano: Assistência psiquiátrica

00:00 · 30.12.2017

"Diretrizes para um modelo de assistência psiquiátrica no Brasil, isso é possível?" será o tema da 36ª edição do Congresso Brasileiro de Psiquiatria, que acontece em outubro de 2018, em Brasília, promovido pela Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP). Serão 300 horas de atividades científicas, divididas em 48 áreas. Sobre o assunto do congresso, o Dr. Antônio Geraldo da Silva, coordenador da Comissão Científica do Congresso, explica: "é de extrema importância e deve ser discutido sempre". Os transtornos mentais são doenças crônicas altamente prevalentes no mundo e contribuem para o aumento da morbidade, incapacitação e mortalidade precoces.

De coração - Fonte de vitaminas A e C e magnésio, a manga reduz a pressão arterial e regula o colesterol. O kiwi, rico em potássio, magnésio e vitaminas A e E, tem um efeito positivo sobre o colesterol e protege contra o surgimento de placas nas artérias. Já o potássio presente na banana ajuda a diminuir o risco de hipertensão, além de aumentar a energia. Os benefícios para o sistema cardiovascular são indicados pelo cirurgião cardíaco Elcio Pires Júnior, membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Cardiovascular.

Image-0-Artigo-2339267-1

Sim

Mama

Indicado para tratar câncer de mama HER2+, o medicamento biossimilar (Zedora) foi desenvolvido pela biofarmacêutica Biocon e registrado pela Libbs Farmacêutica. Nos próximos anos, será fornecido ao Governo Federal (por uma PDP), onde a tecnologia será transferida para a Libbs e o Instituto Butantan.

Sim

Artrite

A AbbVie anunciou resultados positivos do estudo de Fase 3, que avaliou o inibidor oral de JAK1, (ainda em fase de desenvolvimento), upadacitinibe (ABT-494), como monoterapia para pacientes com artrite reumatoide (AR) de moderada a grave, que não responderam ao tratamento com metotrexato.

Mais que sensíveis

A população das regiões Nordeste, Norte/Centro Oeste é mais marcada por sensibilidade nos dentes, estatisticamente empatadas com 34% e 36%, respectivamente, seguidas pelas regiões Sudeste (31%) e Sul (29%), segundo pesquisa feita pelo Ibope Inteligência a pedido da marca Sensodyne. O estudo revelou que, levando em conta o critério econômico, 33% da classe C relata algum problema de sensibilidade nos dentes; 32% das classes AB e 29% das classes DE.

Fala mansa

O barulho das conversas em tom elevado e a música alta podem levar danos graves à audição. "Após quatro horas de exposição a ruídos acima de 90 decibéis, o indivíduo terá sua acuidade auditiva afetada", explica a fonoaudióloga Isabela Papera (Telex Soluções Auditivas).

No limite

Os brinquedos musicais também podem trazer riscos à audição das crianças. Instrumentos como tambor, guitarra elétrica, bateria e trombeta podem emitir sons de até 120 decibéis. O selo do Inmetro indica que o brinquedo é seguro e que está nos limites indicados pela legislação.

"

Só o riso, o amor e o prazer merecem revanche. O resto é mais que perda de tempo... É perda de vida"

Chico Xavier. Filantropo (1910 - 2002)

Últimos Artigos

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.