Ensino superior

Verba assegurada para campus em Crateús

00:23 · 15.09.2012
Recursos na ordem de R$ 5 milhões foram anunciados para as obras previstas para 1º semestre de 2013

Crateús As obras do campus da Universidade Federal do Ceará (UFC), neste Município, estão previstas para começar no primeiro semestre do próximo ano. Os recursos, em torno R$ 5 milhões, já estão garantidos. A informação foi dada pelo reitor da instituição, Jesualdo Farias, após reunião ocorrida com o Conselho de Reitores. As boas notícias se estendem também aos campi de Russas e do Cariri.

Maquete mostra a área total do projeto, que vai contar com completa infraestrutura para as atividades de educação e esporte


"Para o campus de Crateús, já temos recursos no orçamento, a exemplo do campus de Russas. Nós temos, aproximadamente, R$ 5 milhões para cada um deles. Envolve recursos para obras e custeio. Iniciaremos estas obras logo no primeiro semestre do próximo ano e a Universidade Federal do Cariri (Urca) nós deveremos ter, ainda neste ano, profissionais disponíveis para fazer toda a parte de plano diretor, de projeto básico de obras para poder viabilizar o funcionamento da universidade a partir de 2014", afirmou o reitor.

Na reunião foi tratado sobre o retorno das aulas após o fim da greve, orçamento 2013 e a realização de concursos para o preenchimento de 220 vagas. Outros pontos também foram a expansão do campus de Crateús e a criação de um no Cariri.

"Para o campus de Fortaleza nós vamos realizar, agora de imediato, concurso para 45 vagas. Já no próximo semestre, concurso com aproximadamente 90 vagas para cada um, Crateús e Russas. Ao todo, serão mais de 220 vagas até o próximo ano", garantiu o reitor. A ideia, já anunciada anteriormente pela instituição e Prefeitura de Crateús, é que, com a instalação do campus neste Município, a região se torne um dos maiores polos de Engenharia do Nordeste.

Autoridades, educadores e comunidade escolar têm a expectativa de que o polo atraia alunos de toda a região dos sertões de Crateús e Inhamuns, bem como do Piauí, para os cursos de Engenharia Civil, Engenharia de Minas, Engenharia Ambiental, Engenharia da Computação e Informática, previstos para funcionarem a partir do primeiro semestre de 2014.

O terreno escolhido pela Universidade fica localizado às margens da BR-226, próximo à Vila dos Oficiais do 40° Batalhão de Infantaria, área urbana da cidade. Com uma área de 42 hectares, já foi doado ao Município e repassado à Universidade. Além da atuação no processo de doação do terreno, a Prefeitura terá que observar a mobilidade urbana e infraestrutura do local.

Para o prefeito Carlos Felipe Beserra, o campus da UFC já é uma realidade em Crateús e a gestão se empenha em fazer a sua parte, cumprindo com as atribuições do Município no processo de instalação do campus. "O que compete à gestão municipal já estará sendo providenciado de forma ágil para colaborar com a instituição e termos o Campus instalado em nosso Município, com funcionamento a partir de 2014", ressalta.

A instalação do campus da UFC transformará a cidade em um centro de ensino superior. Já conta com um Campus Avançado do Instituto Federal de Educação (IFCE) funcionando há dois anos e ofertando três cursos: técnico em edificações, técnico em química e licenciatura em matemática. Aproximadamente 300 estudantes da região são atendidos nos três cursos.

"Crateús vive um momento ímpar, de perspectiva real de desenvolvimento social e educacional. Durante muito tempo a região viveu desprovida de instituições federais de nível superior. Agora, com o IFCE e o futuro campus da UFC, instituições de respaldo nacional, nossos jovens terão a oportunidade de inclusão na universidade e realizarem seus sonhos e vocações. Já estão tendo aqui no IFCE e a UFC irá somar", ressalta Paula Cristina, diretora do Campus do IFCE de Crateús.

IFCE está há dois anos em atividade

Crateús O campus do Instituto Federal do Ceará (IFCE) neste Município está completando dois anos de funcionamento. Retornando às atividades após a greve, em reunião com coordenadores e professores, a diretora geral Paula Cristina fez um balanço do trabalho e anunciou novidades para o final deste ano e o exercício de 2013. Novos cursos iniciarão na unidade no primeiro semestre do ano próximo ano.

Projetos são realizados no campus, com a participação de estudantes bolsistas. No próximo ano, novos cursos serão iniciados na instituição FOTO: SILVANIA CLAUDINO


"Estamos consolidando o nome da instituição e investindo nas prioridades para estruturar ainda mais o campus. O Instituto vai garantir, além da formação, desenvolvimento para a região", destaca a diretora ao anunciar novos cursos, mais professores e técnicos para o campus, além de várias outras ações voltadas para a estruturação da unidade, como a construção de mais laboratórios e instalação de equipamentos.

Em 2013, iniciarão os cursos de Licenciatura em Letras e Zootecnia e os cursos técnicos de Agropecuária e Alimentos, no primeiro semestre, e Bacharelado em Agronomia para o segundo semestre, compondo assim novas ofertas para a comunidade escolar da região. Os referidos cursos são frutos de consulta pública realizados pelo órgão na região. O quadro da unidade passará dos atuais 32 professores para 60.

Atualmente, 350 alunos são atendidos na unidade através dos cursos de Técnico em Edificações, Química e Licenciatura em Matemática. Oferece também Técnico em Meio Ambiente, por meio do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec).

Dois projetos de extensão são desenvolvidos na unidade, beneficiando em torno de 220 alunos. Um deles, o projeto "Mulheres Mil", atende o público feminino, que se encontra em vulnerabilidade social. Inclusão social e resgate da cidadania são os objetivos do projeto, que proporciona às participantes capacitações em diversas áreas, como Informática, Culinária, Segurança do Trabalho, Higiene e Empreendedorismo. Algumas, inclusive, já conseguiram vaga no mercado de trabalho após a participação no projeto.

Já o projeto de extensão Nilo Peçanha é voltado para os assentamentos existentes na zona rural do Município. Assiste 170 alunos e suas famílias que, por meio de capacitação e acompanhamento, são conscientizados e formados sobre a produção e comercialização de produtos da agropecuária.

Pesquisa

"Por meio da pesquisa, angariamos fundos para melhorar os cursos e complementar a formação dos alunos, contribuindo assim com a qualidade e excelência dos nossos cursos e alunos", destaca o professor de Química, Wagner de Sousa.

Para a Pesquisa, o Instituto firmou parceria com a Petrobras, dentro do curso de Química, qualificando alunos para o mercado de petróleo. Participam 36 bolsas.

Concurso

220 vagas para concurso público na UFC foram tratadas durante reunião que também discutiu a ampliação do campus de Crateús e a criação de um no Cariri

Mais informações:

Campus IFCE - Rua Lopes Vieira, S/N
Telefone: (88) 3692.3857 - Crateús/Ce.

Mais informações:

UFC , Av. da Universidade, 2853 Benfica - Fortaleza
(85) 3366 7300
Prefeitura de Crateús
(88) 3692.3315


SILVANIA CLAUDINO
REPÓRTER

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.