Infância

'Valores Humanos na Educação' chega ao Cariri

O projeto é uma iniciativa do Instituto Myra Eliane com a Associação Douglas Andreani e o MPCE

O promotor de Justiça Hugo Mendonça, junto com o promotor da Infância e Adolescência de Barbalha, Francisco das Chagas da Silva, e o Secretario professor Boás Davi ( Fotos: Antonio Rodrigues )
00:00 · 10.10.2017
A prefeita de Brejo Santo, Teresa Landim, foi uma das gestoras municipais que já assinou o TAC do projeto "Valores Humanos na Educação Infantil"

Juazeiro do Norte. Foi assinado, na última quinta-feira (5), o Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) entre representantes do Instituto Myra Eliane, do Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE) e das prefeituras de Barbalha e Brejo Santo, na região do Cariri cearense, para implantação do projeto "Valores Humanos na Educação Infantil" nessas cidades.

Lançado em fevereiro deste ano, o projeto é uma iniciativa do Instituto em parceria com a Associação Douglas Andreani e o MPCE, por meio do Centro de Apoio Operacional da Infância e Juventude (CAOPIJ).

Segundo as informações do promotor do Ministério Público Hugo Mendonça, essa ação já demonstra resultados práticos. "A assinatura do TAC tem uma importância grande porque conduz, entre algumas de suas ações, a de universalizar da Educação Infantil no Município. Universalizar de forma qualitativa. O TAC dá um prazo para eles fazerem um diagnóstico, não só com as vagas, mas sua estrutura", explica o promotor.

Com o acordo, Barbalha e Brejo Santo devem fazer, em até 120 dias, um diagnóstico da demanda real de vagas e ofertas dos municípios na rede de Educação Infantil. A partir daí, as Câmaras Municipais desses municípios deverão aprovar um projeto de lei que torne obrigatória a capacitação dos profissionais desse setor.

Capacitação

Para efetivar as ações, o Instituto Myra Eliane deverá capacitar multiplicadores do projeto em valores humanos na Educação Infantil nesses municípios, de forma gratuita e com previsão para o primeiro semestre do próximo ano.

A prefeita de Brejo Santo, Teresa Landim, acredita que a implantação do projeto ampliará a perspectiva pedagógica dos servidores da Educação Infantil, que hoje atuam tanto na zona urbana, quanto na zona rural do Município. Sem dúvida é um importante projeto, que vai nos ajudar ainda mais a melhorar, aprimorar nossos conhecimentos no processo educacional", ressalta a chefe do Poder Executivo.

Contribuição

O professor Boás Davi, secretário de Educação do Município de Barbalha, explica que o projeto vai contribuir para a educação dos 1.500 alunos do Município atendidos nas creches. Lá, funcionam sete unidades de ensino. "Ele vem a focar numa modalidade de ensino muito desprovida de ações hoje em dia. A questão pedagógica é ainda menos trabalhada", acredita o secretário. "Chegar ao Cariri nos deixa gratificados. Isso demonstra que o Instituto está efetivando as ações para as quais está se propondo e mostra que os resultados obtidos nos municípios onde o projeto já está implantado dão credibilidade para que outros manifestem o interesse", destaca o empresário Igor Queiroz Barroso, presidente do Instituto Myra Eliane.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.