Carnaval

Sertão Central e Maciço de Baturité reinventam a folia

Quem retorna com a Folia nas Águas, após seis anos, é Choró. O espaço para o encontro dos foliões, durante o dia, será a margem do Açude Pompeu Sobrinho
00:00 · 03.02.2018 por Alex Pimentel - Repórter

Quixadá. Repetindo a tradição dos últimos anos, com seca ou com chuva, Quixadá e Banabuiú pretendem continuar sendo as principais atrações para os foliões nos quatro dias e noites do Carnaval no Sertão Central. As prefeituras das duas cidades confirmaram a realização da festa popular e acertam os últimos detalhes para garantir a segurança e toda a infraestrutura necessária para o público se divertir.

Em Quixadá, segundo o secretário municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo, Pedro Baquit, além do retorno de grandes atrações musicais ao palco principal do Carnaval popular à noite, na Praça José de Barros, haverá também opção diurna para os brincantes. O local escolhido foi o Parque de Exposições Valdir do Couto Dinelly, no caminho do Açude Cedro.

> Aracati promete resgatar a tradição da festa mais animada 

Encontro de paredões

A ideia é realizar o Encontro dos Paredões no Parque no início das tardes, onde o público poderá se divertir, inclusive realizar o mela-mela. Além da segurança, de banheiros químicos, serão instaladas bicas para refrescar do calor e ainda retirar o excesso de massa antes do retorno para casa. Agentes de saúde distribuirão preservativos e uma equipe médica permanecerá no local.

Na Praça José de Barros, será realizada, no fim das tardes do domingo e da terça-feira, um carnaval especial para as crianças, com bandinhas e marchinhas.

Em Banabuiú, durante o dia, onde a maior parte dos foliões da região costuma se concentrar às margens do rio, abaixo da barragem do Açude Arrojado Lisboa, neste ano não haverá arena da folia. O afluente está seco, mas a Secretara de Cultura e Turismo do Município preparou um espaço especial para o Circuito dos Paredões, na Av. Queiroz Pessoa, o Corredor da Folia, onde o publico poderá participar do mela-mela já no início da tarde.

Segundo a secretária da pasta, Lila Oliveira, o ápice da festa na cidade será o Carnaval temático, no mesmo local, a partir das 22h, animado por bandas. Na primeira noite, no sábado, será a vez dos blocos; no domingo o destaque será os Super-Heróis; na segunda-feira o Baile Reverso, onde os homens brincam vestidos de mulheres e elas, com trajes deles, no Bloco das Virgens; e na última noitada, o Baile de Máscaras.

Quem retorna com a Folia nas Águas, após seis anos, é Choró. O espaço para o encontro dos foliões, durante o dia, será a margem do Açude Pompeu Sobrinho, ao lado da CE-456. A iniciativa é de empresários. A Prefeitura limpou a área e oferecerá o suporte básico para a realização da festa, nos quatro dias.

A terra de São Francisco das Chagas, Canindé, organizou um Carnaval Diferente, esse será o tema da festa animada por paredões, a partir das 17h, na Praça Doutor Aramir, no Centro da cidade. Na madrugada da sexta-feira para o sábado, o Bloco do Ratinho desfila pelas ruas.

Em Boa Viagem, as secretarias de Cultura, Turismo e Lazer, de Saúde e de Trabalho e Ação Social realizam, na quinta-feira (8), na Praça Monsenhor José Cândido, a partir das 16h, a festa Caminhos da Folia, com marchinhas que marcaram época.

No Maciço de Baturité, o público poderá curtir o Carnaval na cidade que dá nome à região durante os quatro dias.

Tem também o MulunguFolia, titulo em referência à cidade, e em Palmácia o 25º Carnapal, na Praça Padre Perdigão Sampaio, onde o tema deste ano será Cores e Fantasias. Os horários são diversificados.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.