metodologia inovadora

Programa Geração da Paz cultiva o diálogo na rede estadual de ensino

Articuladores e estudantes passam por formação e realizam interações dos alunos com suas famílias

00:00 · 06.04.2014
Image-0-Artigo-1582663-1
Alunos, professores, pais e comunidade envolvidos na inclusão do respeito a seus pares ( FOTO: SILVÂNIA CLAUDINO )

Crateús. Fortalecer as escolas para que elas se posicionem estrategicamente e produzam articulações permanentes com as comunidades em que estão inseridas, tendo o protagonismo estudantil como fator principal de mobilização e concretização.

Essa é a finalidade do Programa Geração da Paz, realizado atualmente em mais de 500 unidades escolares da rede estadual de ensino.

Para tanto, o Programa Geração da Paz incentiva a prática do diálogo entre os envolvidos em prol da inclusão e do respeito à diversidade com vistas à construção de redes de cultura de paz integrando escola, famílias e comunidades. Grupos de articuladores representam os segmentos da gestão, dos docentes e dos alunos, em cada unidade escolar, formando uma rede estruturada de articulação e condução do Programa.

Articuladores e professores passam por formações e realizam reuniões, momentos de diálogos e interações com alunos e suas famílias.

Cultura de paz

O Programa é desenvolvido através de parceria entre a Secretaria de Educação do Ceará (Seduc) e a Unesco. A tendência é que este trabalho se amplie para a toda a rede estadual ainda neste semestre, segundo a Secretaria de Educação.

De acordo com a coordenação, o lema do Programa é "Paz pela paz", tratando da violência na perspectiva da construção de uma cultura de paz, a partir da crença de que a maior necessidade das pessoas é de desenvolverem uma cultura de diálogo acerca de temas como bem-estar, felicidades e paz, pautada em princípios e valores.

É, portanto, nesta ambiência enriquecida, que são tratadas, também, a violência e a não-paz. "O Programa é um movimento de empoderamento real das escolas, para que desenvolvam autonomia e auto-organização e assim gere a paz onde ela precisa. Cada escola tem as suas especificidades; sendo diferente de uma escola para outra", destaca o educador e doutor em Desenvolvimento Humano e Organizacional, Flávio Mesquita, coordenador geral do Programa.

O diálogo em prol da paz é trabalhado em diversas circunstâncias, principalmente no Ensino Fundamental e Médio. As escolas da rede estadual, que têm turmas do Ensino Fundamental, cultivam, da forma mais natural, a interação com a família, considerando a faixa etária dos alunos mais novos, fato que favorece a manutenção do diálogo entre pais e filhos até as idades mais avançadas.

Autonomia

Por outro lado, nas escolas que têm exclusivamente o Ensino Médio, verifica-se um nível de autonomia maior dos alunos em relação a seus pais, segundo o Programa. No primeiro caso, as atividades são mais pontuais, porém ocorrem de forma sistemática, a fim de garantir a vinda dos pais à unidade escolar ao longo de todo o ano, tais como as festas, solenidades e reuniões oficiais de avaliação.

Geralmente, é nessas ocasiões que a unidade escolar aproveita para encorajar os pais a conversar com seus filhos sobre assuntos sensíveis como os tipos de violência.

Há, também, a influência direta e indireta da existência do Programa nessas escolas, com suas atividades estruturantes. Nessas unidades escolares, o Geração da Paz fortaleceu a parceria com a Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social, ao doar 10 mil exemplares de cartilhas do Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência (Proerd), destinadas a alunos do Ensino Fundamental 2.

Já nas escolas de Ensino Médio, a principal estratégia da Secretaria de Educação do Ceará ocorre por meio do Projeto Professor Diretor de Turma, que, em sua estrutura, trabalha as várias dimensões psicossociais dos alunos, desde aulas em formação cidadã às interações com seus alunos, pares e pais.

Público

Trata-se da maior capacidade instalada na rede estadual de ensino, com adesão de 92% das escolas, perfazendo mais de 5 mil professores e cerca de 150 mil estudantes.

Este caráter dialógico tem propiciado a aproximação entre pais e filhos na tratativa de temáticas de interesse mútuo. Este projeto Professor Diretor de Turma tem encontrado, no Programa Geração da Paz, o respaldo necessário para investir cada vez mais na forma integral do ser humano.

Formação de líderes

Outro ponto importante valorizado pelo Programa, que começou a ser desenvolvido no Ceará a partir de agosto de 2012 e conta com a adesão espontânea das escolas da rede, é o incentivo para a participação das lideranças da escola.

Segundo o coordenador geral do Programa, Flávio Mesquita, já se percebe resultados efetivos em muitas escolas, que passaram a planejar as suas atividades ao longo do ano, dentro da metodologia do Geração da Paz. "Um grande indicador é o fato de que há escolas que já planejam a paz", ressalta Mesquita.

Silvânia Claudino
Repórter

Mais informações:

Seduc
Avenida General Afonso
Albuquerque Lima, s/n, Cambeba
Telefone: (85)3101.3972.
geracaopaz.blogspot.com.br

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.