Consumo de água no banho

Premiação por inovação tecnológica vai para Granja

O projeto vencedor, elaborado por estudantes, é voltado ao consumo consciente da água

00:00 · 14.04.2018 por Marcelino Júnior - Colaborador
Image-0-Artigo-2386510-1
Para utilizar a ferramenta, basta que o usuário conecte um smartphone ao chuveiro via bluetooth e, com isso, passe a ter o controle em tempo real da quantidade de água gasta ( Foto: Marcelino Júnior )

Granja. Abastecido pelos açudes Gangorra, que opera com 84,08% de sua capacidade, e Itaúna, com 100%, este Município da Região Norte do Estado, goza de relativa segurança hídrica, somada com o resultado da quadra chuvosa do ano passado, que afastou o fantasma do colapso por falta de recarga de seus reservatórios, pertencentes à Bacia do Coreaú. A situação de conforto hídrico é diferente da maioria dos reservatórios cearenses (102), que mantêm volume inferior a 30%.

Para reforçar as campanhas educativas sobre a correta utilização da água, tanto para consumo, quanto para outras atividades diárias, mesmo em períodos de chuva, a turma do 3º Ano do Curso Técnico em Agropecuária da Escola Estadual de Educação Profissional Guilherme Teles Gouveia, em Granja, resolveu inovar, lançando mão de uma das tecnologias mais próximas do cotidiano das pessoas: o telefone celular.

Gestão hídrica

O uso inadequado da água, por parte da maioria da população, motivou a turma de 26 alunos a desenvolver um projeto que ajuda a melhorar a gestão dos recursos hídricos nas residências. Assim, a utilização de uma ferramenta tecnológica em forma de aplicativo, associada a sensores de consumo instalados ao chuveiro, se fez útil na gestão da água e na educação ambiental eficiente e contínua da comunidade, com resultados que privilegiam o processo técnico de pesquisa e desenvolvimento, além de contribuir para o processo de inovação.

Tecnologia

Ao observar que os dispositivos móveis vêm alcançando mais espaço nas relações humanas, ao conectar os usuários em busca de lazer, entretenimento, pesquisas ou conquistas amorosas, os alunos, com apoio de leituras teóricas se deram conta de que esse tema ainda é pouco explorado. Daí a criação do "Consustime: Ferramenta interativa na gestão eficiente do uso da água".

Empregando conhecimentos de robótica, a turma criou um "chuveiro inteligente", que possui um dispositivo para monitorar o consumo de água. Para realizar o experimento, foram utilizados um chuveiro comum, um microcontrolador do tipo "arduíno", um medidor de vazão, uma válvula solonoide e um módulo bluetooth. Para utilizar a ferramenta, basta que o usuário conecte um smartphone ao chuveiro via bluetooth e, com isso, passe a ter o controle em tempo real da quantidade de água gasta.

Conquista

Selecionado entre 25 outros trabalhos e, posteriormente, vencedor na etapa regional do Prêmio Samsung Respostas Para o Amanhã 2017, o projeto "Consustime", da Escola Guilherme Teles Gouveia, representou o Ceará na fase final da competição, que elegeu os cinco melhores trabalhos de todo o País, por meio de votação pública pela internet.

O Prêmio estimula alunos e professores de escolas públicas a utilizarem conceitos das Ciências da Natureza e da Matemática na busca por soluções para problemas reais das comunidades onde as unidades de ensino estão instaladas. A escola de Granja já havia sido finalista na edição de 2015 do Prêmio, com o projeto "Utilização D'água não Potável na Produção de Fertilizante Líquido Orgânico".

"Essa conquista mostra o potencial, não só da nossa região, mas do Estado de Ceará em relação a inovações tecnológicas. Apesar das dificuldades, conseguimos atrair a atenção para algo importante, que é a necessidade de utilização racional dos nossos recursos hídricos, ainda mais com ajuda da tecnologia", reforça o estudante José Nilson Filho, um dos idealizadores do projeto.

Além de ficar entre os cinco vencedores do prêmio nacional, o projeto desenvolvido pela turma da Escola Guilherme Teles Gouveia ficou em primeiro lugar no Nordeste, na escolha do júri popular. Os vencedores receberam tablets, medalhas e troféus, assim como os orientadores do trabalho, que apontou como impactos alcançados uma melhor interação da escola com a comunidade, a troca de experiências e construção de conhecimentos em benefício do homem e ambiente, além da realização de ações continuadas a partir da gestão eficiente do consumo de água nas residências, gerando economia na conta também.

"Esse prêmio reforça que estamos no caminho certo para a formação de jovens mais conscientes de seu potencial e de sua responsabilidade socioambiental, no que se refere a ter um olhar diferenciado sobre nossos escassos recursos naturais", destaca o professor e orientador da turma, Marcos Deames Araújo.

Economia

A Companhia de Água e Esgoto do Ceará (Cagece) investe e apoia campanhas educativas em relação ao uso da água no Estado. "A empresa já realiza ações preventivas relacionadas ao consumo consciente de água, tanto na Capital, quanto em cidades do Interior. Uma das mais importantes é, sem dúvida, a visita porta a porta. E esse trabalho ambiental tem sido permanente e bem abrangente, no que se refere a ações com material educativo, palestras, e simulações de economia nas residências, sempre priorizando locais com maior crise hídrica, como atualmente é o caso de Fortaleza e a região Sul do Estado. Posso dizer que atitudes como essa dos alunos de Granja mostra o quanto cidades do Interior estão empenhadas no uso consciente de água", explicou a gerente de Responsabilidade e Interação Social da Cagece, Robervânia Barbosa.

Educação Profissional

As Escolas Estaduais de Educação Profissional foram instituídas no Ceará a partir de 2008, com o objetivo de oferecer mais oportunidades para os jovens. Atualmente são 115 unidades. Elas funcionam em tempo integral, organizando e integrando o Ensino Médio à Educação Profissional.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.