HOSP. ZULMIRA AGUIAR

População de Cedro realiza manifestação em Fortaleza

01:42 · 18.12.2009
Cedro. Amanhã, às 8h30, no Kukukaia, em Fortaleza, filhos desta cidade e convidados vão participar de manifestação contra a decisão da Secretaria de Saúde do município que descredenciou o Hospital Zulmira Cedrim de Aguiar de repasse do Sistema Único de Saúde (SUS). A decisão administrativa vem gerando revolta em grande parte da população. Hoje, o Ministério Público Estadual (MPE) deve começar a analisar a motivação do ato administrativo.

A expectativa é que a manifestação reúna, pelo menos, 200 participantes. "Vamos discutir sobre a medida adotada", disse uma das conselheiras do Hospital, Derlange Matos. "Precisamos denunciar essa atitude e encontrarmos meios de manter em funcionamento o Hospital, que tem história de 46 anos de atendimento aos moradores".

Em junho de 2009, a Secretaria de Saúde do município suspendeu o repasse de verba do plantão do Hospital Zulmira. A decisão provocou protesto em parte da população e da bancada de oposição na Câmara de Vereadores. Na época, centenas de moradores saíram às ruas reclamando contra a decisão.

"Sem os recursos do SUS não há como manter o hospital em funcionamento, apenas com atendimento particular e de outros convênios", observa o diretor administrativo Rubens Júnior. Ele negou qualquer tipo de irregularidade no Hospital e desumanização no atendimento aos pacientes. "Não nos deram o direito de defesa".

A pedido da promotora Isabel Porto, Ministério da Saúde e Secretaria de Saúde do Estado (Sesa) realizaram vistoria local e em breve devem divulgar relatório técnico.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.