Segurança pública

Policiamento militar tem efetivo reforçado em Sobral

O reforço policial foi implantado no início deste mês, com a realização de operações no Centro e na periferia do Município ( Foto: Marcelino Júnior )
00:00 · 28.12.2017 por Marcelino Júnior - Colaborador

Sobral. Ao caminhar pelas ruas do Centro deste Município do Norte do Estado, a estudante Aparecida Rocha tem percebido, nos últimos dias, uma presença maior de policiais. Um grupo de três militares se desloca de um lado a outro vistoriando praças e outros espaços públicos. "Em todas as praças que você anda, encontra agora, pelo menos, três policiais. No meu bairro, também me sinto mais segura", afirma. A sensação é a mesma do comerciante Adevaldo Pereira, que caminha perto de casa todos os dias, após o trabalho.

O efeito sentido pelos moradores se estende por outros pontos da Cidade, e faz parte do reforço policial implantado no início deste mês, com a realização de operações no Centro e na periferia. Durante essas ações, os policiais fazem busca de armas e drogas e checam as placas de veículos e os nomes de pessoas, por algum motivo, consideradas suspeitas. Inaugurada no dia 16 deste mês, a Unidade Integrada de Segurança (Uniseg) de Sobral tem o objetivo de integrar as forças de segurança do Estado, aproximando-as cada vez mais da população.

Quinta inaugurada no Ceará, sendo a primeira do Interior, a Unidade é uma estratégia de segurança desenvolvida no âmbito do Pacto por um Ceará Pacífico do Governo do Estado, com efetivo de 214 novos policiais militares. Além destes, mais 31 homens foram transferidos para a Unidade, compondo um total de 245 atuando exclusivamente na sede do Município. No apoio de viaturas, a Uniseg de Sobral conta, ainda, com dez viaturas modelo Duster, dez motocicletas de 300 cilindradas e uma base de atendimento móvel.

A nova estratégia de segurança se espelha no modelo apresentado na Capital, que, segundo informações da Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), tem apresentado números satisfatórios. "Essas equipes cobrem todo o perímetro da Cidade, com importante participação da base móvel comunitária, de atendimento 24h", afirma o tenente Marcos Paulo da Costa, comandante da Uniseg.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.