Juazeiro do Norte

Página no Facebook resgata fotos e vídeos

00:00 · 02.12.2017
Image-0-Artigo-2331594-1
Igreja de Nossa Senhora das Dores, em Juazeiro, é uma das peças resgatadas na rede social

Juazeiro do Norte. Pavimentação de pedra, nenhum carro e poucas pessoas circulando. Tudo retratado em preto e branco. Este cenário na Rua São Pedro é difícil de imaginar pelos moradores mais jovens, acostumados ao trânsito caótico e as calçadas lotadas. No entanto, desde de 2014, a página no Facebook "Cariri das Antigas" resgata, através de fotografias e vídeos antigos, a história da região. Hoje, ela tem mais 19 mil seguidores.

> Espaços institucionais preservam documentos históricos do Cariri 

A iniciativa surgiu através do estudante de História Roberto Júnior, 20, que sempre foi apaixonado por coisas antigas. Ele começou publicando coleções de carros e rádios, mas, a partir do acervo de sua avó, que chegou a Juazeiro do Norte em 1954, decidiu publicar as fotografias de prédios e ruas ainda em preto e branco.

"A partir daí, a página cresceu bastante. As fotos não haviam sido publicadas ainda. Na web, de certa forma, era inédito", lembra Roberto.

A página começou a crescer a partir de doações de fotos e, hoje, Roberto tem 7 mil fotos de várias cidades do Cariri. Os arquivos postados são variados, mas a página tem um público específico, a maioria, homens, com média de idade de 35 anos. "Tem esse negócio de lembrar a adolescência, que as pessoas gostam. Mas posto até dos anos 90, porque Juazeiro é uma cidade que, nos últimos anos, passou por muitas mudanças", explica.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.