abordagem informal

Projeto estimula conversas sobre saúde aliadas ao tradicional costume de sentar na calçada

Intitulada “Calçada Amiga”, a iniciativa pretende levar orientações de saúde, saindo dos consultórios médicos, para comunidades do Icapuí

As "calçadas" são locais improvisados e escolhidos pelas comunidades, onde profissionais da saúde e população sentam lado a lado para conversar sobre saúde. ( Divulgação )
08:00 · 30.08.2018
Serviço público e tradição popular se uniram para amparar os habitantes de Icapuí, cidade a 204 km de Fortaleza, com esclarecimentos sobre saúde. Residentes da Escola de Saúde Pública do Estado do Ceará, com atuação nas Unidades Básicas de Saúde (UBS's) de Monsenhor Diomedes de Carvalho, em Morro Pintado, e Antonieta Brasil de Oliveira, em Peixe Gordo, encontraram uma oportunidade de se aproximar das comunidades, sentando lado a lado, por meio das costumeiras conversas de calçada, hábito arraigado na rotina do Interior.
 
Começando as atividades pela população de Tremembé, o Projeto “Calçada Amiga” já atinge outras áreas da região. "A ideia é tirar aquela prática hegemônica de um modelo biomédico de dentro das unidades de saúde e construir junto e com os moradores da região, como uma conversa entre pares. É sair da unidade (de Saúde) e discutir através de temáticas levadas por sugestões dos agentes comunitários de saúde e da própria comunidade", explica a enfermeira Brena Jéssica, partícipe do projeto.
 
A ação, com o ato de fornecer informações e instruções sobre saúde de maneira mais informal aos populares saindo do consultório médico, agradou Aldenira Rebouças, dona de casa e moradora local. “Esse tipo de encontro tá sendo tão bom, que se pudesse ficava até de noite. Porque já é bom jogar conversa fora, mas imagina quando é uma conversa que vai ser boa pra nossa saúde”, relata.
 
Atuação
 
Com conversas semanais às terças-feiras, com início às 17h30, o “Calçada Amiga” objetiva abordar temáticas diferentes a cada reunião. Os espaços de encontro, funcionando com as “calçadas” e onde ficam dispostas as cadeiras, são determinados pelos participantes, estimulando o envolvimento comunitário.
 
A iniciativa já atende as localidades de Tremembé, Morro Pintado, Quitérias, Melancias de Baixo e Ibicuitaba (micro áreas da UBS de Morro Pintado) Melancias de Cima, Peixe Gordo, Arisa, Gravié, Manibu, Córrego do Sal e Praia do Ceará (micro áreas da UBS de Peixe Gordo). Todos em Icapuí.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.