Homem que matou cachorro a pauladas alega que animal foi sacrificado por estar com calazar, em depoimento à Polícia - Regional - Diário do Nordeste

Homem que matou cachorro a pauladas alega que animal foi sacrificado por estar com calazar, em depoimento à Polícia

Redação Web | 14h46 | 24.05.2013

Autor foi identificado na quinta (23) pela Polícia Civil

A Polícia Civil de Ipueiras identificou nesta quinta-feira (23) o homem que matou um cachorro a pauladas no último sábado. O suspeito é um agricultor de 33 anos e confessou a autoria do crime no depoimento à Polícia. Acompanhado da dona do cachorro, uma idosa de 76 anos, o autor disse que matou o animal a mando da dona porque o animal estava com calazar e ela estava com receio de que seus netos fossem acometidos da enfermidade.

Autor do vídeo também será chamado para depoimento. Foto: Reprodução

?O processo será concluído e enviado para a Justiça. Cópias do processo irão também para a Semace e Ibama, pois recebemos solicitações desses órgãos?, explicou o escrivão de Polícia, Luiz Felipe Araújo.
?O estudante vai ser chamado para depor e esclarecer o motivo pelo qual não denunciou o fato de imediato à Polícia, que assim poderia ter feito o flagrante?, completou. 

O escrivão informou ainda que o agricultor chorou ao depor e disse que  não tinha conhecimento de que existe o Centro de Zoonoses no município, órgão responsável pelo cuidado e tratamento de animais com a enfermidade e que lá ele seria sacrificado ? se fosse o caso ? e não morto de forma cruel, como o vídeo do estudante mostra. A idosa confirmou o pedido ao agricultor de que matasse o animal, mas que não sabia que ele iria executar o cachorro daquela forma.

O caso está sendo acompanhado pela Prefeitura e o órgão garante que o autor será punido pela lei municipal.


As informações são da repórter Silvania Claudino Rodrigues

Comente essa matéria


Editora Verdes Mares Ltda.

Praça da Imprensa, S/N. Bairro: Dionísio Torres

Fone: (85) 3266.9999