MELHORA

Área de seca relativa diminui em abril no Ceará, aponta Monitor

Ceará terminou o mês de abril com 36,82%; em março, percentual era de 25,48%.

12:35 · 15.05.2018 / atualizado às 13:02
Seca diminui em abril
( Foto: Honório Barbosa )

O Ceará terminou o mês de abril com 36,82% do seu território livre da estiagem, conforme o mapa mais recente do Monitor de Secas do Nordeste. Conforme o levantamento, no mês anterior, o porcentual sem seca no Estado era de 25,48%.

As chuvas ao longo da quadra chuvosa, que apresentaram resultados positivos em fevereiro e abril, após período seco em março, estão entre os fatores que contribuíram para a redução da seca relativa no território cearense.

> Em 2018, Ceará já está dentro da média histórica da quadra chuvosa

O Ceará não apresenta nenhuma porção dentro das categorias extrema ou excepcional, que são os piores níveis. Entretanto, é preciso cautela, pois ainda há 63,18% do território com algum nível de seca relativa; 8,31% do Estado está da categoria grave, em áreas localizadas na região Jaguaribana e no Sertão Central e Inhamuns. 

“No sul dos Inhamuns, a seca permanece grave pois os quantitativos de chuva, mesmo no curto prazo, não foram equivalentes a outras áreas do Cerá como, por exemplo, o Cariri”, comenta o meteorologista da Funceme, Raul Fritz.

Este cenário indica que o Estado permanece sob impactos negativos de longo prazo, ou seja, interferindo diretamente na ecologia e hidrologia. 

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.