VÁRZEA ALEGRE

Ode aos artistas locais

01:41 · 05.03.2011
A alegria dos sambas contagia integrantes das escolas e foliões
A alegria dos sambas contagia integrantes das escolas e foliões ( )
( )

Escola Samba do Sanharol, em Várzea Alegre, faz homenagem aos artistas da terra durante seu desfile

Várzea Alegre. O Grêmio Recreativo Escola de Samba Mocidade Independente do Sanharol (MIS) desfila na próxima segunda, no fim da tarde, no Carnaval da Alegria, nesta cidade. Neste ano, a agremiação vai homenagear compositores, escritores e artistas locais. O enredo que a escola vai levar para a avenida é "Várzea Alegre, mundo afora, pelas mãos de Zé Clementino e padre Vieira". O samba-enredo é de autoria de Dakson Aquino e Edmar Gonçalves.

O tema é uma oportunidade para a população relembrar, vivenciar e entender um pouco mais a riqueza da obra desses dois talentos de Várzea Alegre.

O carnavalesco, Jorge Queiroz, é o organizador da escola que, neste ano, vai contar com 600 componentes, distribuídos em 19 alas e em três carros alegóricos. A novidade será o desfile da Mocidade Mirim, hoje, iniciativa que tem por objetivo apoiar grupos de crianças e adolescentes de projetos sociais. O samba-enredo será "A Mocidade no país das maravilhas". Serão 350 componentes, crianças de 5 a 12 anos, distribuídas em nove alas.

Na segunda-feira, a agremiação sairá com um carro alegórico com a temática "Várzea Alegre, mundo afora", que vai mostrar centenas de fotos de filhos da cidade que moram e trabalham em outros Estados e países diversos. A Mocidade destaca-se pelo luxo e requinte de suas fantasias. À noite, haverá mais Cordões de Frevo e show com as bandas Pinote e Skema. Na terça-feira de Carnaval, haverá o tradicional desfile do Bloco das Virgens e o encerramento.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.