Centro-Sul e Cariri

Escolas de Samba e Bloco das Virgens são os destaques

Escolas de Samba de Várzea Alegre e de Barbalha se preparam para um grande Carnaval

Em Várzea Alegre, a Escola de Samba Unidos do Roçado de Dentro (Esurd) é uma das agremiações de destaque; já no Crato, é o Bloco das Virgens o ponto alto do Carnaval ( Fotos: André Costa )
00:00 · 03.02.2018 por Honório Barbosa / Antonio Rodrigues - Colaboradores

Várzea Alegre / Barbalha / Crato. Esta cidade no Centro-Sul do Ceará promove um dos carnavais mais animados do sertão cearense. A programação inclui desfiles de tradicionais escolas de samba e 13 shows com acesso gratuito no Parque Cívico São Raimundo Nonato. Os organizadores do evento estimam cerca de 20 mil foliões durante as quatro noites de folia.

A cidade já vivencia o clima de festa e o comércio varejista comemora o crescimento nas vendas de fantasias, apetrechos e outros produtos relacionados com o Carnaval. Os operários trabalham na montagem de palco, camarotes e arquibancadas.

> Região Norte pronta para os foliões

"Temos tradição e vamos, mais uma vez, fazer um Carnaval animado e seguro", pontuou o prefeito Zé Hélder. A festa começa no sábado (10), com concentração de blocos e o arrastão do trio elétrico e brincantes ligados à Escola de Samba Mocidade Independente do Sanharol (MIS) a partir das 17h. Duas bandas vão animar a folia denominada de Mocidade Elétrica.

Neste ano, a Escola de Samba Unidos do Roçado de Dentro (Esurd), formada por agricultores, comemora 55 anos de folia. A agremiação leva para a avenida o tema "A Esurd na imaginação de uma criança". Serão 11 alas e cerca de 350 componentes, incluindo a tradicional bateria, e carros alegóricos. O carnavalesco Leo Mix idealizou alas com personagens de histórias infantis, bruxas, brincadeiras e muita alegria.

"Vamos manter a tradição e renovar com as crianças, que desde cedo aprendem a amar a Escola", disse o presidente da Esurd, Francisco das Chagas Souza, o Chico Progresso. O samba enredo é de autoria do compositor Menezes. A comunidade rural do Roçado de Dentro está animada com o desfile no domingo.

Forró

A Escola de Samba Mocidade Independente do Sanharol (MIS) apresenta a temática do forró, um ritmo bem nordestino. Sob o lema "A Mocidade embarca no trem do forró, uma viagem arretada pelas terras nordestinas", a agremiação vai levar quatro carros alegóricos, 900 componentes distribuídos em 15 alas. Serão quatro casais mestres salas e porta-bandeiras.

"Vamos mostrar toda a história do forró, do nascimento com Luiz Gonzaga até as festas atuais", disse o presidente da escola, Pedro Aquino. "Os sanfoneiros, os nossos artistas estarão presentes ao lado de nomes nacionais". Fundada há 41 anos, a MIS é uma das maiores escolas do Interior.

A Escola de Samba Império Cadenciado, que estreou no Carnaval de 2017, volta à avenida em Várzea Alegre empolgada pelo sucesso alcançado. Vai abordar o tema "A natureza pede socorro". O presidente da Escola, Francisco Dias de Souza, o Gordinho, disse que a agremiação surgiu a partir de um projeto de música com alunos da rede pública. "Teremos nove alas, 250 componentes e três carros alegóricos", revelou.

A devastação da fauna e da flora, a extinção de animais, poluição de rios e lagoas serão mostrados nas alas carnavalescas. "Fomos bem avaliados e enfrentamos o desafio de mais um desfile", disse Gordinho. O desfile ocorre na terça-feira (13), a partir das 19h.

Cariri cearense

Em Barbalha, no Cariri cearense, o Carnaval se tornou uma tradição, sobretudo, com o desfile das escolas de samba. Apesar de ter sido paralisado, entre 2003 a 2014, a Prefeitura buscou apoio da iniciativa privada e irá realizar, junto com Liga Independente das Escolas de Samba de Barbalha (Liesba), pelo quarto ano seguido, a competição no Parque da Cidade. Além disso, haverá shows com cantores locais e diversos blocos, espalhados pelos bairros, animando a festa na Terra de Santo Antônio.

A tradição carnavalesca em Barbalha é muito acentuada. As primeiras escolas de samba surgiram na década de 1950, no bairro do Rosário e continuam até hoje. Uma delas é a Unidos do Morro que, neste ano, traz Socorro Luna, a solteirona mais popular do Brasil, como tema do desfile. Outras três escolas irão competirão: Águia de Ouro, Mocidade Independente e Acadêmicos do Cirolândia, que cantarão os orixás, o Egito e a artista Celene Queiroz, respectivamente.

"São tempos difíceis, mas estamos pedindo ajuda a amigos. O pessoal trabalha só por amor. Tem carnavalescos com 30, 40 anos de samba. É um patrimônio cultural. Cada escola tem 600 pessoas ou mais. No ano passado tivemos um desfile belíssimo", explica o secretário de Cultura, Rômulo Sampaio.

Durante o ano, as escolas movimentam o samba em outras comunidades para conquistar recursos e motivar as pessoas a irem. Desde o ano passado, acontecem as oficinas para confecção das alegorias e os ensaios todas as noites. No sábado e domingo do Carnaval, ocorrem os desfiles, às 19h30, enquanto, na segunda, já tem apuração. Os jurados foram selecionados por meio de edital e terá alunos e professores dos cursos de Artes Visuais e Música. "O Parque da Cidade é todo montado para o Carnaval, com concentração e dispersão", explica o presidente da Liesba, Gustavo Barros.

Já no Crato, o Carnaval reunirá os grupos de tradição, selecionados por meio do projeto "Tambores do Cariri", que vai até abril de 2018. A ideia é trazer os grupos folclóricos, maracatus e afoxés para Praça Siqueira Campos, durante os quatro dias de folia, a partir das 16h. "Esse pessoal precisa ser visto. No Carnaval, eles fazem um percurso no pé da serra, no dia 9, com um grande cortejo sendo a abertura extraoficial", conta o secretário de Cultura, Wilton Dedê.

Ao contrário do ano passado, em 2018, o Carnaval contará com recursos da Prefeitura, que trará também as bandas de frevo, com charangas entre os intervalos, e participação dos blocos de rua. Na terça-feira (13), a partir das 18h, terá um grande encontro de tambores, reunindo banda cabaçal, maracatu e afoxés. Mas, antes disso, na sexta-feira (09), pela tarde, na Praça Cristo Rei, acontece o "Bloco das Virgens", de organização particular, que colore as ruas da cidade com milhares de homens vestidos de mulheres.

Programação

Várzea Alegre

Sábado (10/2)

14h - Concentração de blocos no Parque Cívico

18h - Desfile do bloco elétrico da Mocidade Independente do Sanharol

R. Durval Soares (CE-060)

22h - Entrega da chave da cidade ao rei momo, Luiz Eduardo de Sousa Bezerra (Dudu), e coroação da rainha do Carnaval, Yanne Karoline Rabelo Alencar

22h30 - Show em Praça Pública

Prabalá, Namoro Novo e Guto Ribeiro

Domingo (11/2)

14h - Concentração de blocos

18h - Desfile da Escola de Samba Unidos do Roçado de Dentro

R. Durval Soares (CE-060)

22h30 - Show em Praça Pública

Forró Real, Forró DiNovo, Os Nanas e Dyogo Duarte

Segunda-feira (12/2)

14h - Concentração de blocos

18h - Desfile da Escola de Samba Mocidade Independente do Sanharol

R. Durval Soares (CE-060)

22h30 - Show em Praça Pública

Ítalo e Renno, JP Cantor e Sonho de Verão

Terça-feira (13/2)

14h - Concentração de blocos

18h - Desfile da Escola de Samba Império Cadenciando

R. Durval Soares (CE-060)

22h30 - Show em Praça Pública

Guilherme Dantas, Irmãos de Farra e - Anízio Jr.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.