Semana do Conselheiro Vivo

Desfile temático fortalece imagem

Centenas de estudantes da rede municipal de ensino participam de desfiles temáticos especiais na abertura e no encerramento da Semana do Conselheiro Vivo
00:00 · 24.03.2018

Desde o ano passado, a partir de uma parceria firmada entre as secretarias de Educação e de Turismo de Quixeramobim, a Academia Quixeramobinense de Letras (Aquiletras), o Serviço Social do Comércio (Sesc) e o Iphanaq, centenas de estudantes participam de desfiles temáticos especiais na abertura e no encerramento da Semana do Conselheiro Vivo. Este ano aconteceu a 14ª edição. Trinta e uma escolas públicas do Município e as duas do Estado se apresentaram.

> Antônio Conselheiro é redescoberto 

De acordo com o secretário municipal de Educação, Fernando Ronny, o coletivo discutiu a temática a ser abordada este ano, a memória de Antônio Conselheiro presente na literatura. Cada instituição de ensino pesquisou uma obra diferente e levou ao público a interpretação literária. O encerramento ocorreu diante do palco montado entre a Prefeitura e a Praça Capitão Dias Ferreira, com onze escolas. Algumas delas encenaram o momento do massacre de Canudos.

Cortejos

Na programação, além dos cortejos pelas ruas da cidade houve audiência pública na Câmara Municipal, apresentações teatrais, palestras com especialistas como a arqueóloga Marcélia, oficina de cordel com o cordelista Arievaldo Viana, contação de história e oficina literária, performance literária com o poeta José Américo, de Canudos (BA), Bazar das Letras com o lançamento do livro Santaninha um Poeta Popular na Capital do Império.

Os avanços são lentos, mas já há muito a comemorar. A história de Antônio Vicente Mendes Maciel, o Conselheiro, já integra o conteúdo programático da Escola Estadual Humberto Bezerra. O Iphanaq trabalha no incentivo da introdução dessa disciplina nos outros estabelecimentos educacionais do Município. Sobre o desfile temático, o presidente do Iphanaq informou ter sido herdado dos movimentos sociais realizados na cidade de Canudos, na Bahia. O evento é realizado naquela cidade durante a Romaria da Terra, a data relembra o dia do massacre no arraial, 5 de outubro.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.