Coluna

Satélite: Educação Ambiental

00:00 · 24.03.2018

sol
Educadores, gestores, coordenadores e alunos da rede pública de ensino de Tianguá e Ubajara recebem nos dias 27 e 28/3, um Seminário de Educação Ambiental, com palestras sobre energias renováveis, gestão de resíduos sólidos, metodologias de produção mais limpa e coleta seletiva. A ação faz parte do projeto "Ventos que Transformam", da Echoenergia, em parceria com o Instituto Brasil Solidário.

 

a
Prefeito de Aracoiaba, Antônio Cláudio, assinou decreto que cria a Câmara Setorial de Confecção de Jeans para regularizar, organizar e fortalecer o setor de confecções, além de fomentar a geração de emprego e renda.

a
Ednardo Filho, prefeito de Miraíma, Gadiel Gonçalves, de São Benedito, e Alexandre Barros Neto, de Umari, trabalham para evitar atrasos em 2018. A esperança é o repasse do Governo Federal para socorrer os municípios.

a
Os prefeitos de Orós, Simão Pedro, de Barreira, Alailson Oliveira, e o de Reriutaba, Osvaldo Neto, prestigiaram evento no último dia 19, na Secretaria de Agricultura do Estado, em Fortaleza.

a
Gestores municipais de Nova Russas e de Ibaretama, Rafael Pedrosa e Edson Morais, admitem que a crise hídrica afeta seus municípios com a pequena quantidade de chuva que receberam até aqui em 2018.

Ubajara

No sábado de Aleluia (31), o cantor Gabriel Diniz e a dupla Henrique e Juliano estarão se apresentando no Castelo Club (Rua Tenente Ramiro Sousa, 390, bairro Monte Castelo, em Ubajara. Outras atrações do evento são o cantor Joel Tomaz e os DJs Flavinho e Abadia.

Bom

Pecuária

A Rebanho S/A, empresa cearense com fazenda em vários municípios e referência na pecuária brasileira, conquistou três prêmios devido a sua performance em 2017. No seu primeiro ano de distribuidora parceira da Nutron (empresa de suplementação animal) , a Rebanho S/A foi vencedora na categoria na categoria Abertura de Novos Clientes- Segmento Bovinos de Leite 2017. Obteve ainda a 2ª colocação como Maior Representante do Brasil- Bovinos de Leite 2017.

Mau

Aracati

A Promotoria de Justiça do Juizado Especial Cível e Criminal de Aracati entrou com uma Ação Civil Pública (ACP) contra as duas empresas por realizar obras num loteamento no Município de Aracati. Segundo a promotora de Justiça Virgínia Navarro, as empresas não detêm o registro do loteamento no Cartório da cidade, não possuem licenças ambientais válidas e, ainda, o loteamento atingirá um território de grande importância para a macrodrenagem da região.

Últimos Artigos

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.