Auxílio técnico

Centro de Educação profissional ajuda a formar

A Unidade, que atenderá dois mil profissionais anualmente, em Quixadá, 11 municípios do Sertão Central e 10 do Vale do Jaguaribe, será inaugurada no dia 20
00:00 · 18.08.2018

Quixadá. Inicialmente ofertando cursos de qualificação e aperfeiçoamento nas áreas de Beleza, Moda, Informática, Gastronomia, Comércio e Gestão, Saúde e Infraestrutura, o Centro de Educação Profissional Armando Monteiro Nogueira, do Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial do Ceará (Senac-CE), é uma opção para a formação de mais de dois mil profissionais anualmente, em Quixadá, outros 11 municípios do Sertão Central e ainda 10 do Vale do Jaguaribe. A inauguração da nova unidade está programada para a próxima segunda-feira (20), com a presença do presidente da Fecomércio, Maurício Filizola; do diretor regional Sesc/Senac, Rodrigo Leite; diretores e conselheiros do Sistema Fecomércio no Ceará.

Conforme o Senac, a sede conta com quatro modernos laboratórios de educação profissional, para as aulas práticas dos cursos de Informática, Beleza, Moda e Gastronomia. A Unidade possui, ainda, duas salas de aula convencionais e uma biblioteca com acervo especializado, voltado para atender ao portfólio de cursos ofertados pela Instituição. O edifício é acessível para pessoas com deficiência, contando com banheiro adaptado, além de sinalização em Braille.

> Consultorias são boas opções  para a melhoria dos negócios 
> Feira expõe potencialidades

O nome da unidade é reconhece o espírito empreendedor. Armando foi comerciante, agropecuarista e teve importante papel na construção civil. O primeiro cinema da cidade foi uma obra de sua iniciativa, bem como a primeira vila padronizada.

O gerente do Senac Quixadá, Francisco Ferreira de Souza Neto, é o responsável pela prospecção e implantação. Na avaliação dele existe uma demanda de formação profissional reprimida na região. "Há um grande público a ser atendido. Vislumbramos potencial para Turismo, Hospitalidade, Gastronomia, Idiomas e Saúde. A localização geográfica de Quixadá facilita muito o acesso para outros municípios do Sertão Central", observa.

Dentre os cursos programados para a nova unidade estão o Técnico em Enfermagem e o Técnico com Tradução e Interpretação da Língua Brasileira de Sinais (Libras). Sidarta Cabral, gerente de Tecnologia e Desenvolvimento Educacional do Senac Ceará, destaca que os dois cursos foram pensados levando em consideração as demandas do Sertão Central, tanto pela presença de unidades de saúde, como o Hospital Regional do Sertão Central (HRSC), quanto pela necessidade de bem atender a comunidade surda da região.

A Instituição conta com 16 unidades, distribuídas em Fortaleza, Aquiraz, Cedro, Crato, Iguatu, Juazeiro do Norte, Maranguape, Sobral, Itapipoca, Limoeiro do Norte e a última em Quixadá. Conta, ainda, com quatro unidades móveis, nas áreas de Turismo, Lazer e Hospitalidade; Informática; Beleza; e Saúde. A instituição integra também a Rede Senac de Educação a Distância.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.