Berro Cariri mobiliza pecuaristas da região - Regional - Diario do Nordeste

Exposição de animais

Berro Cariri mobiliza pecuaristas da região

05.12.2012

Driblando os efeitos da seca, o grupo gestor da Expocrato lança nova edição do evento com programação variada

Crato Começa hoje a IX edição do Berro Cariri. O evento é realizado pela Associação do Criadores de Caprinos e Ovinos da Bio-região do Cariri, em parceria com a Associação dos Criadores do Crato, Secretaria de Desenvolvimento Agrário e Sesc Mesa Brasil. Os organizadores estimam movimentar R$ 3 milhões em negócios, com a venda de animais e máquinas agrícolas. Criadores já se inscreveram para participar da exposição, que neste ano terá uma quantidade menor de bovinos, caprinos e ovinos, devido aos reflexos da estiagem que provocaram perdas para os pecuaristas.

Unidades com alta linhagem ficam à disposição dos criadores FOTO: ANTÔNIO VICELMO


Para auxiliar os produtores e criadores, na próxima sexta-feira, estarão sendo liberados financiamentos de créditos através de uma parceria entre a Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Ceará (Ematerce) e o Banco do Nordeste (BNB). A linha é a do Pronaf Emergencial, que é especial para socorrer agropecuaristas que estão atravessando períodos de seca severa.

O repasse pode chegar a R$ 12 mil, sendo possível a utilização de 35% do valor para o custeio de ração, milho, vacinas e medicamentos para os animais. O programa pode financiar atividades de irrigação, plantio de pastagens, perfuração de poços e instalação de cercas. O valor total das liberações ainda não foi calculado. Porém, a estimativa é atender 50 beneficiários. Os agricultores que elaboraram projetos de montagem de estruturas em suas propriedades e de convivência com o semiárido ainda serão convocados a comparecer ao stand da Ematerce.

O Berro Cariri tem como proposta o melhoramento da genética dos animais, através da venda de reprodutores e matrizes, a troca de conhecimentos técnicos entre os criadores e o aprimoramento do rebanho regional, além do conhecimento de novas tecnologias de manejo e reprodução. Este ano, pecuaristas da região dos Inhamuns irão trazer demonstrações de manejo para a sanidade dos animais e para a preservação de algumas raças nativas como a do ovino Morada Nova.

De acordo com o presidente do grupo gestor da Expocrato, Francisco Moura Leitão, a feira já é uma referência para os que buscam qualidade dos rebanhos. "Essa é uma oportunidade de fechar bons negócios, inclusive na apresentação de animais com pedigree de ótima qualidade, como o ovino dorper, o caprino anglo nubiano e a cabra de leite saanen", revela.

O evento, que acontecerá até o próximo sábado, no Parque de Exposições Pedro Felício Cavalcante, também agrega valores aos produtos, gera emprego e renda para as famílias e proporciona oportunidades de bons negócios. No local, haverá demonstrações sobre silagem, fenação, palma forrageira, sistemas de mandalas, cultivo protegido e hortas verticais com a reutilização de garrafas pet, direcionada para quem cultiva em pequenos espaços.

Como alternativa de suporte forrageiro para a alimentação do gado, serão oferecidas algumas orientações sobre o cultivo de mandioca e uso das raspas do produto como pastagem.

Fim das desigualdades

Diante da dimensão econômica significativa da agropecuária regional, o evento viabiliza a inclusão social e contribui para a eliminação das desigualdades. Segundo a gerente regional da Ematerce, Elcileide Mendonça, o Berro Cariri mostra que a agropecuária da região é sustentável. "O Estado comprova que, mesmo atravessando um período de estiagem, os nossos criadores conseguem manter, de forma sustentável, a atividade e ainda gerar renda", afirma.

Como em todas as demais edições, no Berro Cariri deste ano estará funcionando a Casa de Farinha, onde o público poderá encontrar as tradicionais tapiocas e beijus, nos sabores de coco e amendoim produzidas pela Associação Comunitária Padre Frederico, que é integrada ao assentamento de crédito fundiário, orientado e assistido pela Ematerce. Já no engenho de rapadura, que tem como administradora das atividades a Associação Comunitária dos Agricultores Familiares do Sítio Coité, em Barbalha, serão processadas dez toneladas de cana de açúcar, para a fabricação de caldo de cana, rapadura, alfenim e pau de mel.

Para compor a programação artística, o Berro Cariri traz renomados cantores, como Elba Ramalho, Chico Pessoa, Alceu Valença, Geraldo Azevedo, Caninana do Forró e os de nível regional como Belo Xote e Ferreirinha do Acordeon. O público esperado deverá superar as 25 mil pessoas. Neste ano, um dos objetivos da feira de animais é também arrecadar alimentos para serem doados às vítimas da seca.

A entrada nos shows será revertida em alimentos, que serão doados às famílias moradoras da zona rural do Crato. A expectativa do grupo gestor da Expocrato e Programa Mesa Brasil é atender a 8 mil pessoas.

Projeção

3 milhões de reais em negócios devem ser movimentados durante a feira que acontece até sábado no Parque Pedro Felício Cavalcante, no Crato

YAÇANA NEPONUCENA
REPÓRTER

Comente essa matéria


Editora Verdes Mares Ltda.

Praça da Imprensa, S/N. Bairro: Dionísio Torres

Fone: (85) 3266.9999