inovação

Acarape é pioneira em Educação Bilíngue pública

Em Pedra Branca, as escolas em tempo integral saltaram de quatro para 15 em 2017. Hoje, 2.789 alunos têm três refeições diárias e atividades extracurriculares ( Foto: Alex Pimentel )
00:00 · 21.04.2018

Acarape. Nesta outra cidade do Maciço, 400 estudantes do Ensino Fundamental público estão aprendendo Inglês nas disciplinas regulares, incluindo a Matemática. Segundo o prefeito, Franklin Oliveira, a novidade surgiu no ano passado. "Todos os dias, eles estão tendo contato com o segundo idioma, não são exclusivamente aulas de Inglês", ressalta. Agora, a meta é ampliar o sistema de aprendizado bilíngue implantado na Escola de Ensino Fundamental Antônio Correia de Castro para toda a rede municipal. Além do inglês, poderão aprender também outras línguas estrangeiras, como o Espanhol e o Italiano.

> Educação é reforçada na estrutura e na valorização

O método pedagógico proporciona aos alunos as competências para usar duas ou mais línguas em situações acadêmicas e sociais. É o mesmo utilizado em escolas particulares, onde a mensalidade custa até R$ 2 mil, completa o prefeito, destacando o Município como pioneiro no Ceará na rede pública.

Tempo integral

A conquista de 39 prêmios Escola Nota 10, outorga da Secretaria de Educação do Ceará (Seduc), é uma demonstração dos avanços educacionais em Pedra Branca, no Centro do Estado. Os méritos são do gestor municipal, Antônio Góis, e dos professores, explica o professor Renê Felipe de Araújo, atual secretário de Educação do Município. As inovações na área de Educação Infantil são constantes, ao ponto de atualmente as aprovações chegarem aos 98,1%.

Neste último ano, 2017, o número de escolas em tempo integral saltou de quatro para 15. Atualmente estão sendo atendidos 2.789 alunos com três refeições diárias: café da manhã, almoço e lanche da tarde. Com o reforço na alimentação, além das disciplinas básicas eles têm aulas de Informática, de Conservação do Meio Ambiente, de incentivo a prática de esportes, dentre eles, o jiu-jitsu, o vôlei, o futebol, ainda projeto de leitura, incentivo as artes, orientação sobre o uso de drogas.

Formação continuada

Além da formação infantil os profissionais da Educação também recebem reforço para a formação continuada, por meio do Projeto Escola. O modelo atende também coordenadores, diretores e merendeiras. A Escola, nos moldes da formação continuada, oferta cursos mensais com carga de quatro a oito horas para as diversas classes. Todo material didático para professores e alunos da Rede Municipal de Educação também é fornecido pelo Município.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.