Comando do pr

Wagner discute posição do partido

01:00 · 21.02.2018

O deputado Capitão Wagner vai conversar, em Brasília, hoje, com dirigentes do Partido da República e do PROS. Ontem, Roberto Pessoa, presidente do honra do PR cearense, tinha encontro com dirigentes nacionais do partido, para evitar que a deputada federal Gorete Pereira assuma o comando da legenda no Ceará e se alie ao Governo do Estado, a quem todo o restante do PR cearense faz oposição.

"Vamos ver como fica a situação do PR", diz Capitão Wagner, admitindo poder disputar o Governo do Estado. Na última segunda-feira (19), ele esteve com o senador Tasso Jereissati (PSDB), com quem diz ter tratado sobre sua possível candidatura, e o senador havia recomendado prudência, defendendo a conclusão da pesquisa encomendada sobre a sucessão estadual cearense para uma tomada de posição das oposições.

Ontem, à reportagem do Diário do Nordeste, Wagner admitiu que, se realmente sair candidato a governador, no seu palanque não haverá espaço para presidenciável, tendo em vista que são vários os candidatos à Presidência da República dos partidos de oposição no Ceará.

Ele também admitiu, após falar do seu encontro com o senador Tasso Jereissati, na segunda-feira, a possibilidade de as oposições apresentarem mais de um candidato a governador, em razão da posição do PSDB de ter palanque no Estado para o candidato presidencial tucano.

Wagner não gostou da manifestação da deputada Gorete Pereira, na entrevista publicada ontem pelo Diário do Nordeste, ao tratar de uma possível candidatura dele a governador, nem quanto a indefinição partidária.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.