aptos à disputa

TRE autoriza candidaturas do PSDB e PSTU

01:00 · 13.09.2018

O Tribunal Regional Eleitoral do Ceará (TRE-CE) autorizou, na sessão de ontem, a candidatura do General Theophilo (PSDB) e da vice, Emília Pessoa (PSDB), ao indeferir impugnações apresentadas pelo PSL e deferir os pedidos de registro. Com a decisão, subiu para quatro o número de candidatos aptos à disputa pelo Governo do Estado, com o deferimento do registro de Francisco Gonzaga (PSTU), também ontem, além de Camilo Santana (PT) e Hélio Góis (PSL).

> General critica 'infiéis' e admite sair da política 
 
Em sessão presidida pela desembargadora Nailde Pinheiro, presidente do TRE-CE, o relator, juiz Cássio Felipe Goes Pacheco, apreciou, inicialmente, a impugnação contra a coligação "Tá na Hora de Mudar". O PSL alegava descumprimento do prazo das convenções, entre 20 de julho e 5 de agosto, para a indicação de candidatos. O relator afirmou desconhecer irregularidades no processo e foi acompanhado pelo desembargador Haroldo Máximo e pelos juízes Alcides Saldanha Lima, Eduardo Scorsafava e Roberto Viana.

Pelo mesmo entendimento, na sequência, o relator aprovou a candidatura do General Theophilo e da vice Emília Pessoa. Novamente houve concordância do Pleno, que deferiu o registro. Além do tucano, foi aprovada também a candidatura de Francisco Gonzaga, que dependia de decisão apenas do relator, desembargador Haroldo Máximo. Resta a análise da candidatura de outros dois postulantes ao Governo do Estado: Ailton Lopes (PSOL) e Mikaelton Carantino (PCO). O Demonstrativo de Regularidade de Atos Partidários (Drap) do PCO foi indeferido, o que barra a candidatura, mas a sigla entrou com recurso.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.