decisão do TRF-4

Resultado pode definir passos de outras siglas

01:00 · 22.01.2018

Apesar de não admitirem que estão aguardando a decisão do TRF-4 para, enfim, seguirem com suas articulações políticas, algumas lideranças políticas afirmaram que o julgamento do próximo dia 24 influenciará tratativas que já vêm sendo discutidas internamente. A oposição tende a comemorar uma eventual condenação de forma unânime, enquanto aliados do PT esperam ser beneficiados com um veredito contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

<Julgamento de Lula terá influência em impasses no Ceará

Uma das principais lideranças do PSDB no Ceará, o ex-senador Luiz Pontes afirmou que, para a sigla tucana, será positiva uma condenação do ex-presidente, uma vez que abre espaço para uma disputa com menos acirramento e sem o envolvimento da Justiça. No entanto, ele ressaltou que o partido não tem esperado apenas a decisão do Judiciário e, por isso, está se articulando com outras siglas para fortalecer uma candidatura própria.

O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, tem dialogado com o PSD, de Gilberto Kassab, e até com o DEM, do presidente da Câmara Federal, Rodrigo Maia, que também é apontado como presidenciável. "Com a condenação do Lula, a gente vai ser beneficiado, é claro. Mas não podemos pensar só nisso", disse.

Aliança

Presidente do PSD no Ceará, o deputado federal Domingos Neto afirmou que o julgamento pouco influenciará na legenda, mas opinou que a aliança entre PDT, PT e MDB pode sofrer mudanças, dependendo da decisão do TRF-4 na quarta-feira.

Para o deputado André Figueiredo, presidente estadual do PDT, a candidatura de Ciro Gomes à Presidência da República é irreversível, independentemente do resultado do julgamento. No entanto, ele ressaltou que a decisão do TRF-4 pode forçar o PT a apresentar outro nome, visto não haver possibilidade da sigla abrir mão de postulação, ao menos no primeiro turno. "Vamos buscar outras siglas do nosso campo democrático. Queremos que a candidatura do Ciro seja forte", argumentou.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.