INVESTIMENTOS DO ESTADO

Opositor critica desigualdades na vida da população

01:00 · 18.04.2018

Na contramão dos discursos entoados pela base governista, na Assembleia Legislativa, sobre o bom desempenho econômico do Estado, o deputado Heitor Ferrer (SD) colocou em xeque, ontem, os investimentos voltados à melhoria da qualidade de vida da população mais pobre no Ceará. O parlamentar ressaltou, na tribuna da Casa, que, além do fato de metade da população cearense ser beneficiária do Bolsa Família, o rendimento dos trabalhadores no Estado é considerado o quarto pior da Região Nordeste. Para ele, essa desigualdade social "descamba" no aumento da violência.

Ontem, aliados do governo estadual comemoravam, em pronunciamentos, o destaque do Ceará no setor de aviação, com a possibilidade da implantação de um segundo HUB aéreo, da Latam, no Aeroporto Internacional Pinto Martins, em Fortaleza. O Estado já conta com o HUB formado entre as empresas Air-France/KLM-Gol. Para Heitor Férrer, o crescimento do mercado aéreo, na Capital, com a prospecção de novos voos nacionais e internacionais, é uma notícia boa "em tese".

"A concentração de renda continua a ser mais perversa ainda. Quem tem mais continua tendo mais e quem tem menos continuará tendo menos, essa é a lógica do desenvolvimento que, na verdade, é crescimento", afirmou. Ele chamou atenção, ainda, para a renda média do trabalhador cearense, considerada a quarta pior do Nordeste.

Diante do cenário desigual, Heitor Férrer acredita que, com a ausência de "políticas públicas que desmontem esse status quo", não há como não "descambar" na violência. 'A omissão do Estado na vida desses pobres leva à desesperança, que leva à droga, ao homicídio, ao latrocínio, criando uma sociedade marginal, porque ela está à margem das políticas públicas".

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.