Heitor quer anulação do primeiro turno das eleições em Fortaleza

Atualizada às 11h23

10:58 · 09.10.2012 por Redação Web

O candidato derrotado no primeiro turno das eleições para prefeito de Fortaleza Heitor Ferrer (PDT) entrou com ação na Justiça Eleitoral nesta terça-feira (09) pedindo a anulação das eleições para prefeito do último domingo (7).

Em entrevista concedida no Comitê de Imprensa da Assembleia Legislativa do Ceará nesta manhã, o advogado do partido, Djalma Pinto, informou que Heitor foi "claramente prejudicado" pelas pesquisas. Ele acusou que a divulgação dos números na véspera da eleição causaram "grande repercussão e audiência", ao afirmar que "ele não teria a menor condição de ir ao segundo turno". O advogado acusa os institutos de pesquisa Datafolha e Ibope de prejudicarem "ao candidato Heitor, aos eleitores e aos veículos de comunicação".

Na ação, que cabe recurso tanto no Tribunal Regional Eleitoral (TRE) quanto no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), é sugerido que os custos da nova eleição sejam providenciados pelos institutos de pesquisa. Heitor sugere, então, que seja feita uma nova eleição com os 10 candidatos ou então que ele, como terceiro mais votado, seja incluído no segundo turno.

Confira vídeo feito pela assessoria do partido durante a coletiva:


Ibope admite diferença

O Ibope enviou nota à imprensa, admitindo que 'não captou' o crescimento do número de eleitores de Heitor Ferrer. Confira, na íntegra:

"O IBOPE Inteligência apontou corretamente todas as movimentações e tendências ao longo da campanha, incluindo a tendência de queda do candidato Moroni e o movimento de crescimento de Roberto Claudio e Elmano Freitas, o que culminou na indicação de que haveria segundo turno entre os candidatos Elmano (PT) e Roberto Claudio (PSB). Não foi captada, apenas, a subida de última hora de Heitor Ferrer. O total de votos previstos corretamente na cidade foi de 92%."

TRE não se pronuncia

O TRE afirmou, através de assessoria, que ainda não tem nada a falar e que a ação ainda deverá ser analisada pelo juiz eleitoral.

Nota oficial

Confira, na íntegra, a nota publicada à imprensa pelo partido:

NOTA OFICIAL

Em respeito aos eleitores de Fortaleza, a Coligação Fortaleza Merece Mais (PDT/PPS) e os Partidos PDT e PPS, que têm Heitor Férrer, como Candidato à Prefeitura de Fortaleza, tornam público que protocolaram ação de investigação judicial pedindo a anulação destas eleições, diante da magnitude do favorecimento aos demais candidatos, por dados desmentidos pelo resultado das urnas e fornecidos aos meios de comunicação social que, de boa fé, divulgaram pesquisas inverídicas, inclusive em rede nacional, que acabaram comprometendo gravemente a normalidade, a lisura e a legitimidade do processo eleitoral neste município. Portanto em defesa da democracia e da soberania popular foi protocolada ação na Justiça Eleitoral, com fundamento no artigo 22 da lei complementar 64/90. A Coligação Fortaleza Merece Mais (PDT/PPS) e os Partidos PDT e PPS consideram que os dois Institutos de Pesquisa, Datafolha e Ibope, induziram ao erro os veículos de comunicação, os candidatos e principalmente os eleitores desta eleição.  Sente-se portanto a necessidade de uma manifestação da Justiça Eleitoral diante da gravidade da situação para reestabelecimento da normalidade na disputa da Prefeitura de Fortaleza. A Coligação Fortaleza Merece Mais (PDT/PPS), os Partidos PDT e PPS, e Heitor Férrer adotam tal postura visando garantir eleições legítimas e justas para as futuras gerações. Esta medida tem como objetivo primordial cumprir dever cívico diante das distorções comprovadas no pleito eleitoral de Fortaleza.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.