'Forte coalizão'

Haddad afirma compreender decisão de Camilo em participar dos atos de campanha de Ciro

A declaração ocorreu após ele ser questionado sobre a participação simultaneamente do governador nos eventos de campanha de Lula e de Ciro Gomes

17:26 · 31.08.2018 / atualizado às 22:00
Caso a candidatura do ex-presidente Lula não se consolide após a decisão do TSE, Haddad afirmou que irá “conversar com o Brasil na segunda-feira (3). (Foto: Thiago Gadelha)

Em visita à Capital cearense nesta sexta-feira (31), o candidato a vice-presidente pelo PT, Fernando Haddad, afirmou compreender a decisão de Camilo Santana em apoiar duas candidaturas distintas à presidência. A declaração ocorreu após ele ser questionado sobre a participação do governador tanto nos eventos de campanha de Lula quanto na agenda de atos relacionados a Ciro Gomes.

"O Camilo tem um compromisso com o partido e com a candidatura do Lula. Agora compreendo também que ele tem seus compromissos locais em virtude do fato que aqui temos uma coalizão muito forte que deu resultado", ressaltou Haddad.

O candidato ressaltou também a importância do governador para “consolidar uma liderança” no Ceará  e “abrir novos horizontes” para a juventude.

Haddad ainda revelou que se encontrou com Eunício Oliveira (MDB), postulante ao Senado, para  discutir o posicionamento dele na corrida presidencial. "Eu levo essa mensagem do senador Eunicio que está com Lula, está com a ONU".

Caso a candidatura do ex-presidente Lula não se consolide após a decisão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Haddad citou que deve haver mudanças no programa eleitoral, mas não detalhou o planejamento.  “O programa [no horário eleitoral] de terça-feira talvez tenha que passar por alguma modificação dependendo da decisão, que eu espero que seja favorável”, destacou.

Manuela D'Avila (PCdoB), que compõe a chapa presidencial, não participa da agenda de Haddad no Ceará. Ela tinha programação em São Paulo, mas de acordo com o ex-senador Inácio Arruda (PCdoB), ela virá a Fortaleza ainda na primeira quinzena de setembro.

Fernando Haddad (PT) chegou ao comitê central de campanha de Lula por volta das 16h acompanhado do presidente estadual do partido, Moises Braz, e do deputado federal José Guimarães. Em seguida, participou de caminhada no Centro da Capital, onde também esteve presente o governador Camilo Santana.

Assista à entrevista coletiva de Haddad:

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.