regras

Minha Casa, Minha Vida: mudar sistema de sorteio do imóvel

01:00 · 04.05.2018

O vereador John Monteiro (PDT) defendeu, ontem, da tribuna da Câmara Municipal de Fortaleza, mudanças nas regras dos sorteios dos imóveis do programa federal "Minha Casa, Minha Vida" (MCMV), executado em parceria com governos de estados e municípios.

De acordo com o parlamentar, as regras atuais estão gerando situações nas quais os beneficiários não podem usufruir das residências construídas. A causa, segundo Monteiro, é a disputa entre facções criminosas. "Quando se recebe a casa, a felicidade é grande", mas "se você fizer uma pesquisa nas casas entregues pela Prefeitura e pelo Governo do Estado, de 60% a 70% (dos beneficiados) não estão morando nelas", relatou.

O parlamentar afirma que a solução para o problema seria assegurar que o sorteio das residências construídas através do MCMV fosse feito não entre todos os cadastrados, mas apenas entre aqueles que já morassem na região do empreendimento. Isso, segundo ele, teria um precedente. Em 2011, os moradores da Comunidade Maravilha, no Bairro São João do Tauape, foram reassentadas pelo Paço Municipal no mesmo bairro.

Ele diz ter levado a preocupação ao prefeito, que prometeu levar o assunto à Secretaria Municipal de Habitação. Para ele, Roberto Cláudio teria mostrado-se sensível à demanda. O grande desafio, segundo o vereador, seria convencer a Caixa Econômica Federal, responsável pelo financiamento do programa, da justiça da reivindicação.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.