Câmara municipal

Mais 2 mil vagas de táxis na Capital

00:00 · 17.03.2017
Image-0-Artigo-2215461-1
Secretário João Pupo anuncia para os vereadores o aumento do número de táxis ( Foto: Lucas de Menezes )

O secretário de Conservação e Serviços Públicos de Fortaleza, João Pupo, disse ontem para os vereadores da Capital que vão ser criadas, aproximadamente, mais 2 mil vagas de táxis, alterando a proporção de hoje de um táxi para cada 500 habitantes para um veículo para cada 350 fortalezenses, que é a média nordestina. A proposta do prefeito Roberto Cláudio deve chegar à Câmara Municipal em maio.

A mudança na Lei Orgânica de Fortaleza já havia sido anunciada pelo prefeito em janeiro deste ano. Segundo o secretário, foi criado um grupo de trabalho envolvendo o poder público, taxistas e os chamados "táxis amigos" - que operam sem licença - para debater o assunto. Ele confirmou que a Pasta estuda também a implantação de táxis elétricos na cidade.

Para o auxiliar do prefeito Roberto Cláudio (PDT), trata-se de um grau de "sofisticação" no setor de transporte. A proporção de novos veículos elétricos deve ficar em torno de 3% e 5% do total a ser contratado pela municipalidade. A licitação para as novas vagas deve ocorrer ainda este ano.

A área do transporte individual público não deve ser a única que deve ter novidades. O secretário afirmou também durante a palestra que até o fim do próximo ano toda a frota de ônibus deve passar a contar com internet wi-fi. De acordo com ele, isso ocorrerá devido a nova tecnologia dos validadores - responsáveis pela leitura dos bilhetes únicos e carteiras de estudante - que serão adquiridos pelas empresas de transporte.

Ônibus

O equipamento já contaria com o sistema para rotear internet. "De forma muito célere, até o fim ano que vem, acredito que 100% da frota contará com wi-fi", afirmou. Atualmente, cerca de 200 ônibus dos cerca de 1.930 contam com internet. De acordo com Pupo, a experiência da internet nos ônibus é única no Brasil. "São Paulo tentou implementar, teve uma série de problemas técnicos e desistiu", citou.

O secretário também anunciou que devem ser instalados, ao longo da segunda gestão de Roberto Cláudio (PDT), "trinários" - binários que envolvem três vias - em pelo menos dois pontos da Cidade: Av. Duque de Caxias - envolvendo as ruas Dom Pedro I e Clarindo de Queiroz -, no Centro, e Av. Desembargador Moreira - envolvendo Oswaldo Cruz e Barbosa de Freitas -, na Aldeota. De acordo com Pupo, as duas avenidas deverão dar prioridade ao transporte público. O trinário que se encontra com estudos mais avançados é o da Duque de Caxias.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.