Câmara

Deputado critica rumos da Reforma Política

01:00 · 11.08.2017

O deputado Ely Aguiar (PSDC) ressaltou ontem, na tribuna da Assembleia Legislativa, que a população clama por uma Reforma Política que, de fato, atenda aos seus anseios, e não dos políticos. "Não esta reforma que está sendo feita em Brasília, entre quatro paredes, sem ouvir os diversos segmentos da sociedade, sem prestigiar a população".

O parlamentar afirmou que, naquele momento, tomava conhecimento de que a comissão especial da Câmara dos Deputados que analisa a Reforma havia aprovado a criação de um fundo público de R$ 3,6 bilhões para financiamento de campanha. "Sou totalmente contra o financiamento público de campanha, porque é um dinheiro que poderia ser investido em benefício da sociedade", disse. Para ele, pontos como o "distritão" vão beneficiar apenas nomes "que têm alto poder aquisitivo".

O deputado do PSDC defendeu o estabelecimento de um teto de gastos de acordo com a região e destacou, ainda, que a Reforma que está por vir vai "massacrar" siglas pequenas.

"Os abutres do dinheiro público estão nos grandes partidos. Querem tirar os pequenos partidos para comandarem sozinhos a política brasileira. É necessário levantarmos nossa voz e falar sobre o que acontece nos bastidores com relação a essa Reforma esdrúxula, feita para fazer com que se perpetuem no poder somente aqueles que estão lá há muito tempo", criticou.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.