Coluna

Paulo Cesar Norões: Segurança para votar

pc

Paulo Cesar Norões

Colunista de Política • pcnoroes@diariodonordeste.com.br

00:00 · 21.08.2018

Tribunal Regional Eleitoral do Ceará está preocupado com a situação em áreas de risco e vai pedir ajuda ao Exército para garantir a tranquilidade no dia da eleição. Já registramos aqui na coluna a queixa de vários candidatos que não conseguem mais fazer campanha em alguns locais onde têm base eleitoral, por conta da disputa por territórios entre as facções ligadas ao tráfico de drogas e armas. O mesmo temor existe entre eleitores e os cidadãos requisitados pelo TRE para trabalharem como mesários no dia do pleito. Não é privilégio do Ceará, quatro estados já garantiram a presença do Exército. A que ponto chegamos. Infelizmente, é a realidade do nosso País, onde o sagrado direito de ir e vir que tem sido tolhido pela imposição do crime organizado, agora também influindo no bom andamento das eleições.

Visita

arte

A despeito de ser um problema grave, a presidente do TRE, Nailde Pinheiro Nogueira, acredita que, com a presença do Exército, teremos um pleito tranquilo. Segundo a desembargadora, que fez visita, ontem, ao Sistema Verdes Mares, o TRE tem tomado todas as precauções para garantir que a eleição transcorra sem maiores problemas. Inclusive, até a eleição, o TRE não para nem em feriado.

Mais rua

Eleição curta, candidatos querem aproveitar ao máximo o corpo a corpo com os eleitores. Governador Camilo Santana, por exemplo, já avisou que não vai participar de todos os debates propostos pelas emissoras de Rádio e TV. A ideia é intensificar as visitas às cidades do Interior, onde está a maior parte dos eleitores cearenses. Quanto mais rodar, mais votos, espera ele.

Sofrimento

Na Agência Sul do INSS (perto do Dendê), uma fila enorme toda manhã para o setor de informações e senhas. Depois, a multidão espera até duas horas para dar entrada num simples pedido de certidão. No segundo momento, há apenas dois servidores e um estagiário. Do lado de fora, uma faixa: "Cadê o servidor que estava aqui? Aposentou-se e não chamam os concursados aprovados".

Impugnação

Não chegou a ser uma surpresa para Domingos Filho o pedido de impugnação de sua candidatura a deputado estadual. Conselheiro em disponibilidade do TCE, ele está na disputa por força de liminar. E, tendo inimigos políticos em sua base eleitoral, sabia que haveria questionamento. Tanto que, por precaução, registrou também a candidatura de sua esposa, Patrícia Aguiar.

Crítica

Deputado Carlos Felipe (PCdoB) não anda satisfeito com o congelamento de recursos da União aos estados e municípios para a área da saúde. Percentual vem caindo há 20 anos, o que inclui FHC, Lula, Dilma e que se acentuou no Governo Temer. Para ele, a redução provocou um aumento em doenças que haviam desaparecido, como sarampo, rubéola, sífilis e até a mortalidade infantil.

"Essa impugnação faz parte de uma trama provocada por um deputado concorrente meu nos Inhamuns (...) através de um 'espoleta' seu para que pudesse prejudicar nossa postulação"

Image-0-Artigo-2442313-1

Domingos Filho (PSD)
Candidato a deputado estadual

Tem mais...

Unidade Camilo Santana, Cid Gomes e Eunício Oliveira estão tão afinados que muitas vezes usam o mesmo avião nas andanças pelo Interior. Geralmente, o avião do senador, que é particular.

Muita gente Tribunal Regional Eleitoral do Ceará já recebeu 900 Requerimentos de Registro de Candidatura dos postulantes aos cargos em disputa nas Eleições 2018. Ou seja, tem candidato para todos os gostos.

Impugnações Ministério Público Eleitoral impugnou oito pedidos de registros de políticos ou ex-políticos inelegíveis que pretendem disputar vagas na Assembleia Legislativa, Câmara dos Deputados ou no Senado. E devem aparecer ainda mais ações de impugnação. Há documentação de pedidos de registro chegando ao MP Eleitoral para parecer.

Últimos Artigos

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.