Coluna

Paulo Cesar Norões: Quem é que manda?

pc

Paulo Cesar Norões

Colunista de Política • pcnoroes@diariodonordeste.com.br

00:00 · 21.04.2017

Ação de criminosos desde quarta-feira em Fortaleza e Região Metropolitana é coisa séria e deve ser tratada como tal. O Estado não pode se vergar à bandidagem, sob pena de desmoralização definitiva. Se chegamos a esse ponto, aliás, é porque os bandidos já não respeitam a autoridade do Estado, a ponto de afrontá-lo com ações desse tipo. Percebe-se claramente que os bandidos não querem o confronto direto com a Polícia. A tática é mostrar poder de fogo plantando o terror na população. Esta, amedrontada, pressiona o Estado e o ciclo se fecha. Não é problema de fácil solução. Só uma coisa é certa: o Estado tem que mostrar quem manda. E não basta prender os bandidos que botam fogo nos ônibus. É preciso acima de tudo retomar o controle definitivo dos presídios, de onde partem as ordens dos ataques.

O que ele sabe?

Depoimento de Antônio Pallocci ao juiz Sergio Moro inaugura uma nova era na Lava-Jato. É o primeiro petista do núcleo duro a admitir que sabia da prática do Caixa 2 em todas as campanhas, embora negue participação dele próprio nas operações. Ao elogiar Moro e se colocar à disposição para revelar nomes e operações de interesse da Lava-Jato, o ex-ministro de Lula e Dilma deve ter deixado muita gente em polvorosa.

Image-0-Artigo-2230069-1

Suicídios

Jogos como a "Baleia Azul", criado na Rússia e já presente em diversos países - o Brasil incluído -, que induz pessoas, especialmente adolescentes, a tirarem a própria vida, reforça Projeto de Lei do deputado federal Odorico Monteiro (PROS), que quer, através do Marco Civil da Internet, obrigar a retirada de conteúdos que induzam, instiguem ou auxiliem o suicídio através de aplicações na rede.

Causa própria

Ao subir à tribuna da Câmara de Fortaleza para falar da epidemia de doenças causadas pelo Aedes aegypti na Bela Vista e bairros adjacentes, vereador Casemiro Neto (PMDB), pode-se dizer, literalmente legislou em causa própria. Toda família dele pegou dengue, a partir da mãe, a ex-vereadora Maria José. Para ele, lixo acumulado e falta de saneamento ajudam na proliferação do mosquito.

Futuro

Ao falar para um grupo de estudantes do Colégio Estadual Creusa do Carmo Rocha, que visitava a Assembleia Legislativa, o deputado Fernando Hugo (PP) foi curto: "Só tenho um conselho a dar a vocês: estudem muito para evitar no futuro um Brasil como o que vemos hoje, cheio de falcatruas e corrupção. O futuro do País está em vossas mãos...". Saiu aplaudido pelos alunos.

Conjunta

Assembleia Legislativa e Câmara de Fortaleza vão se juntar na próxima segunda-feira. Deputados e vereadores vão debater reformas trabalhista e previdenciária, em audiência pública proposta pela vereadora Eliana Gomes e a deputada Augusta Brito, ambas do PCdoB, com apoio dos demais parlamentares do partido. O evento será na Assembleia Legislativa.

"Isso é coisa de moleque, se aproveitar do momento para tirar vantagem política".

Governador Camilo Santana, em resposta às críticas do deputado estadual Capitão Wagner (PR), que na tribuna da Assembleia disse que "não dá pra ter um secretário de Segurança valente e um governo frouxo".

Image-1-Artigo-2230069-1

Tem mais...

Ministro Luiz Fernando Furlan, do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, estará em Fortaleza no dia 4 de maio para debate sobre o tema "O Brasil que nós queremos". Evento do Lide Ceará, presidido por Emília Buarque.

Em meio ao clima de tensão em Fortaleza o governador Camilo Santana encontrou tempo para assinar termo de cooperação com a Fiec e o Banco do Brasil, para que o BB seja o agente preferencial para financiar investimentos de empresas com programas de incentivo da Secretaria de Desenvolvimento Econômico do Estado.

Livro. A Praça, de Mozart Soriano Aderaldo, será relançado amanhã, no Hall do Cine São Luiz, dentro da programação da Bienal do Livro e em comemoração pelo centenário do escritor e jornalista, que recebeu a Sereia de Ouro, em 1994.

Últimos Artigos

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.