Coluna

Paulo César Norões: O perigo mora ao lado

pc

Paulo Cesar Norões

Colunista de Política • pcnoroes@diariodonordeste.com.br

01:00 · 25.04.2018

O assassinato do diretor do Fortaleza, Roberto Studart, gerou comoção. E não poderia ser diferente. Quem teve o privilégio de conhecer e conviver com o Betinho - como a gente carinhosamente chamava - reconhecia nele as qualidades de um bom amigo, presente e preocupado com o bem-estar dos que privavam de sua amizade. Mas, a par dessas qualidades, a passagem de Betinho choca - sim, apesar de tudo, ainda conseguimos nos chocar - pela brutalidade de uma morte gratuita de um cidadão de bem. Mais ainda porque foi com o Betinho como poderia ser com qualquer um de nós. E é essa vulnerabilidade que nos deixa a todos assustados. A Polícia foi rápida, prendeu os assassinos. Parabéns! Pena que nem isso nos sirva mais de alívio. Como, se há centenas de outros assassinos à espreita? Que Deus nos proteja!

Jogo político

Assassinato de Betinho Studart, assim como o da universitária Cecília, semana passada, é mais combustível a manter a violência como principal pauta do debate político. Não à toa, ecoou nos discursos indignados de opositores do governo na Câmara de Fortaleza, Assembleia e até na Câmara Federal. Camilo responde com ação rápida da Polícia na prisão dos assassinos e o anúncio de mais 1.400 novos PMs nas ruas em junho.

Prevenção

Ninguém pode negar os altos investimentos que o governo Camilo vem fazendo na área de segurança. Por outro lado, pode-se discutir o tipo de investimento. É recorrente, por exemplo, a queixa de policiais civis de que a categoria recebe bem menos investimentos do que a PM. Reclamação pertinente, levando-se em conta que o trabalho de uma complementa o da outra.

Revisão

O ideal, talvez, fosse rever o modelo de segurança pública. Uma força única executando as funções judiciário-investigativa e ostensivo-preventiva, fazendo, assim, o chamado "ciclo completo de Polícia", como acontece, com sucesso, em outros países. Mas, para isso, seria necessário alterar a Constituição de 1988, que institucionalizou esse modelo que aí está, com polícias civis e militares.

Em Brasília

Associação Brasileira de Agências Reguladoras terá novo presidente a partir de hoje. O advogado Fernando Alfredo Franco, conselheiro da Agência Reguladora do Ceará. Franco será o primeiro presidente a despachar na nova sede da Abar, inaugurada ontem. Presentes conselheiros de todo o Brasil e seus pares da Arce, a partir do presidente Hélio Winston Leitão.

De olho no SUS

Deputado Odorico Monteiro (PSB) assumiu a vice-presidência da Comissão de Seguridade Social, Saúde e Família, a maior da Câmara Federal depois da de Constituição e Justiça. Prioridade: questões de financiamento do Sistema Único de Saúde e pesquisa clínica envolvendo o desenvolvimento e incorporação de novos medicamentos ao SUS.

"Simboliza o reconhecimento dos vereadores de Fortaleza aos esforços em favor de políticas públicas que garantam direitos das nossas crianças e adolescentes"

Carol Bezerra
Primeira-dama de Fortaleza

Tem mais...

Comenda Primeira-dama de Fortaleza, Carol Bezerra, receberá amanhã a Medalha Boticário Ferreira, principal honraria da Câmara Municipal.

Motivo Para edil Carlos Mesquita, autor da homenagem, "é um reconhecimento às ações protagonizadas pela primeira-dama para a promoção de uma Fortaleza Amiga da Criança".

Sentido! Sobre possível candidatura do general Guilherme Theóphilo a governador, tucano Raimundo Gomes de Matos disse apenas que bate continência. Os dois foram colegas no Colégio Militar de Fortaleza.

Controle Acopiara, Barro, Guaraciaba do Norte, Maracanaú, Sobral e Trairi são os municípios a serem fiscalizados pelo Tribunal de Contas do Estado, no mês de maio. Fiscalização atinge prefeituras e câmaras municipais.

Últimos Artigos

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.