Coluna

Paulo Cesar Norões: O Memorial do Paço

pc

Paulo Cesar Norões

Colunista de Política • pcnoroes@diariodonordeste.com.br

01:00 · 14.04.2018

Palácio do Bispo é um das poucas edificações do início do século XIX ainda de pé, em Fortaleza. Perto de completar 200 anos, o prédio ainda preserva a estrutura original. Não só a fachada, mas também na parte interna. O palacete, que abriga, no pavimento superior, o gabinete do prefeito, ganhou mais motivos para ser visitado pela população. Roberto Cláudio decidiu que, em vez de salas de trabalho, os salões do térreo deveriam expor o acervo artístico da Prefeitura. Obras de Raimundo Cela, Barrica e Aldemir Martins, dentre outros artistas cearenses. Em outra sala, a Galeria de Gestores Municipais, com retratos dos 41 prefeitos da Capital na era republicana. Todos lá, de José Bezerril a Luizianne Lins. Sete deles presentes na abertura: José Walter Cavalcante, Vicente Fialho, Luiz Marques, Lúcio Alcântara, César Cals Neto, Antonio Cambraia e Ciro Gomes.

Tucano de farda

Filiou-se ao PSDB-CE o general da reserva Guilherme Theophilo. Membro de tradicional família militar, que contempla diversas gerações de generais, Guilherme Theophilo atingiu o mais alto posto na hierarquia (4 estrelas), tendo ocupado os mais importantes cargos no Exército brasileiro, como o Comando Militar da Amazônia, o Comando Geral de Logística e o Comando da 12ª Região Militar.

Secretário?

Guilherme Teóphilo foi ainda observador militar da ONU para a América Central. E recentemente integrou o Comando que planejou a intervenção federal na segurança do Rio de Janeiro. E é por conta dessa última função que já tem tucano apostando no general em questão para a Secretaria de Segurança, em um eventual quarto governo de Tasso Jereissati. Mas, primeiro ele precisa se candidatar, né?

Não vale

PT foi ao TSE tentar proibir a divulgação da pesquisa do Datafolha, que foi a campo entre quarta e sexta-feira desta semana. O partido acusa o instituto de influenciar o eleitor com uma 'falsa ideia de inelegibilidade de Lula", quando não o inclui seu nome em seis dos nove cenários pesquisados e coloca Jaques Wagner e Fernando Hadad como opções do partido.

Gratidão

Ascensão política de Ciro Gomes foi meteórica. Aos 31 anos, trocou mandato de deputado pela cadeira de prefeito de Fortaleza. Aos 33, já era governador do Ceará; aos 36, ministro da Fazenda; e, aos 40, em 1998, disputava pela primeira vez a presidência da República. Aos 60, Ciro se julga pronto para governar o Brasil. Se eleito, promete: "Vou pintar esse Estado de ouro porque devo isso ao povo cearense".

Mito denunciado

Semana foi plena em denúncias contra petistas, emedebistas e tucanos. Ontem foi o Jair Bolsonaro. Procuradora-geral da República Raquel Dodge denunciou o presidenciável ao STF. Ele e o filho Eduardo, também deputado federal, foram acusados de racismo contra negros, quilombolas, refugiados, mulheres e LGBTs, em palestra no Clube Hebraica do Rio de Janeiro, em abril de 2017.

"Três bandidos que tentaram explodir a Secretaria de Justiça foram abatidos como terroristas e tem que ser assim"

Ciro Gomes, presidenciável do PDT, em entrevista na Rádio Verdes Mares

Tem mais...

Refugiados Brasil recebeu mais de 33 mil pedidos de refúgio, em 2017. A maior parte de venezuelanos, responsáveis por mais de 52% dos pedidos (17.856).

Recorde Governo Federal sugere reajuste do salário mínimo de R$ 954 para R$ 1.002. Se confirmado, aumento de 5% fará com que o salário mínimo ultrapasse, pela primeira vez, a marca de R$ 1 mil.

Segurança Deputado federal Danilo Forte convocando fortalezenses pelas redes sociais para ato, neste domingo (15), exigindo segurança pública no Ceará. Às 10h, no Anfiteatro do Parque do Cocó.

Música Projeto Pôr do Sol será duplo neste fim de semana. Hoje, no Iate Clube, amanhã no Mercado dos Peixes.

Últimos Artigos

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.