Coluna

Paulo Cesar Norões: Gestão modelo pro Brasil

pc

Paulo Cesar Norões

Colunista de Política • pcnoroes@diariodonordeste.com.br

01:00 · 03.01.2018

2017 foi um ano bom para o prefeito Roberto Cláudio. O primeiro ano da segunda gestão foi marcado pela tentativa de minimizar os problemas na distribuição de remédio nas unidades de Saúde, uma das principais queixas da população durante a campanha de reeleição de RC, em 2016. Mas foi, também, um ano de muitas obras - grandes ou pequenas -, o que reforça a imagem de 'tocador de obra' do prefeito. 2018 não deve ser diferente, com a entrega da nova Aguanambi; o BRT ligando o Conjunto Ceará a Parangaba; a primeira parte do IJF 2; mais praças, areninhas e outras intervenções na área de mobilidade urbana. Tudo isso ajuda a manter a boa imagem de RC, e naturalmente será usado como peça de campanha de Ciro Gomes, mostrando ao Brasil o estilo PDT (especialmente do Ceará) de administrar.

Veto

Quem pensa que José Sarney é figurinha descartada na política nacional, está enganado. Pedro Fernandes, deputado federal do grupo adversário do ex-presidente no Maranhão, era o nome do PTB para o lugar de Ronaldo Nogueira, no Ministério do Trabalho. Não vai mais. Foi vetado por Sarney e o presidente Michel Temer desistiu de nomeá-lo. PTB vai ter que indicar outro.

Cancelado

Soou um tanto mesquinha a atitude do prefeito de São Paulo, João Doria (PSDB), de cancelar evento de inauguração de um viaduto em São Paulo. Doria diz que acata, mas não concorda com a homenagem à ex-primeira-dama do Brasil, Marisa Letícia, esposa de Lula, morta no ano passado. Argumenta que é injusto dar ao viaduto nome de alguém envolvido na Lava-Jato e que nunca morou na cidade.

Prevenção

Próximo dia 13, Roberto Cláudio pretende viajar. Vai tirar uma semana de descanso com a família, no exterior. Até lá tem agenda cheia. Hoje, às 9h, apresenta o Plano de Contingência para Chuvas da Prefeitura. Conjunto de medidas para prevenir impactos negativos da quadra chuvosa esperada para 2018. Especialistas preveem muita chuva. E sabe como é Fortaleza debaixo d'água...

Tirando onda

Cena rara para a maioria da população. Tasso Jereissati na Praia do Futuro, óculos escuros, bermuda de surfista, superdescontraído. Flagrado por equipe da TV Diário, o senador tucano disse que estava ali para "dar um mergulho no mar e tirar todas as más energias que vêm do ano passado e começar o ano novo bem energizado e bem forte". Dito isso, pulou três ondas de mãos dadas com a neta.

"Eu acho que nenhum dos dois tem chance. Na verdade, esses extremos, é um olhar para trás, é o que se chama de recall"

Geraldo Alckmin, pré-candidato do PSDB à presidência da República, sobre liderança de Lula e Bolsonaro nas pesquisas. "Se a gente for verificar as últimas eleições, as decisões foram no finalzinho", conclui otimista.

Tem mais...

De acordo com dados do Ministério da Justiça e Segurança Pública, em 2016 houve aumento de 12% no número total de refugiados reconhecidos no Brasil.

O País tem hoje um total de 9.552 refugiados de 82 nacionalidades. Situação dessa gente será debatida no Vândala Café, ao lado da Faculdade de Economia da UFC, hoje, às 19h, em evento aberto ao público.

Participam do debate a presidente da Comissão de Direitos Humanos da Câmara de Fortaleza, vereadora Larissa Gaspar; o advogado Marcelo Uchôa e a fotógrafa Karine Garcêz.

Muçulmana, Karine atualmente expõe no local do debate seu trabalho realizado em campos de refugiados no Oriente Médio intitulado "Infância Refugiada".

Últimos Artigos

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.