coluna

Paulo Cesar Norões: Em ritmo de vale-tudo

pc

Paulo Cesar Norões

Colunista de Política • pcnoroes@diariodonordeste.com.br

01:00 · 17.07.2017

Estratégia governista para garantir derrubada do parecer do relator Sergio Zveiter, na Comissão de Constituição e Justiça da Câmara Federal, não chega a ser novidade. Isso acontece não só no Congresso Nacional como também nas assembleias estaduais e câmaras de vereadores. Mas geralmente troca-se um ou dois membros. Na CCJ foram, ao todo, mais de 20 trocas, quase um terço da composição da Comissão. Isso sem falar no 'pacote de bondades' do Governo Temer, que gastou R$ 15,3 bilhões através de programas e liberação de verbas para estados e municípios nas últimas semanas, especialmente na que foi decisiva para virar o jogo na CCJ. Problema é que o jogo não acabou. Dia 2 de agosto tem a votação decisiva em plenário, afora outras denúncias que podem chegar. Resta saber até onde o cofre aguenta?

Rejeição

Image-0-Artigo-2269997-1

Desde que assumiu a presidência, Michel Temer jamais alcançou boa popularidade. Só piora, aliás. Em pesquisa do Instituto Paraná, 79,3% dos entrevistados o afastariam do cargo, se fossem deputados, contra 18% que o deixariam onde está. A outra pergunta foi: Quem fez mais mal ao Brasil, Temer ou Dilma? 43% responderam Dilma e 42,7% Temer. Já 12,6% optaram pela resposta "ambos".

Sucesso

Expocrato manteve a tradição de maior festa popular do interior do Ceará. Uma multidão que durante uma semana invadiu o Parque Agropecuário do Crato, não só para conferir os animais expostos e fechar negócios, mas também para se divertir. Ápice foi o show do cearense Wesley Safadão, último sábado, com mais de 42 mil ingressos vendidos. O vai-vém de políticos ao longo da semana foi intenso.

Politicando

A Expocrato é espaço democrático, vão políticos de todas as tendências. Desde o governador Camilo Santana, que abriu e fechou a festa, até seu adversário na última campanha, Eunício Oliveira. Eunício, aliás, foi recebido no aeroporto pelo prefeito de Juazeiro do Norte, Arnon Bezerra, que é aliado do governador. Nesse caso falou mais alto a posição de presidente do Senado Federal.

Encontro

Tinha mais de mil pessoas no encontro do PDT, sábado, em Iguatu, com presença do presidente estadual André Figueiredo, ex-governador Cid Gomes, presidente da Assembleia Zezinho Albuquerque e o secretário Josbertini Clementino, do Trabalho e Desenvolvimento Social, deputados estaduais e federais, vereadores e outras lideranças, além, claro, do anfitrião, o prefeito de Iguatu Ednaldo Lavor.

Viaturas

Entrega das novas viaturas das forças de Segurança do Estado para o Cariri foi em Juazeiro do Norte. Arnon Bezerra foi anfitrião do governador Camilo Santana e de colegas prefeitos de cidades vizinhas. Zé Ailton Brasil, do Crato estava lá. Já o barbalhense Argemiro Sampaio, tucano, não foi. Aí coube a cinco vereadores da oposição ao prefeito receberem simbolicamente as viaturas de Barbalha.

"O Ceará tem a maior parte das melhores escolas do País. E na gestão financeira? Poucos têm essa boa saúde financeira."

Carlos Luppi, presidente nacional do PDT, disse no encontro de Iguatu que o Ceará é referência para o Brasil

Tem mais...

Tribunal de Justiça do Ceará criou comissão de juízes para agilizar a conclusão de processos em fase de cumprimento da sentença definitiva na Comarca de Fortaleza.

Comissão vai focar nas decisões que envolvem temas como relações de consumo, revisionais de contrato, Seguro Obrigatório de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Via Terrestre (DPVAT), entre outros.

Ex-presidente Fernando Henrique Cardoso voltou a falar grosso. Em entrevista ao jornalista Roberto D'Ávila disse que Temer precisa remover os ministros que respondem processos. "Se ele não virar a página, a página vira", afirmou.

Para FHC, o presidente gasta suas energias respondendo questões do Ministério Público e STF, não governa e isso é ruim para o País.

Últimos Artigos

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.