Coluna

Paulo Cesar Norões: debate, ainda que tardio

pc

Paulo Cesar Norões

Colunista de Política • pcnoroes@diariodonordeste.com.br

01:00 · 28.03.2018

A grita dos empreendedores deu resultado. Prefeito Roberto Cláudio aceitou discutir a questão da nova lei que trata dos alvarás. Para os empreendedores, as novas taxas cobradas pela Prefeitura são abusivas. Eles reclamam, ainda, que o projeto foi aprovado na Câmara de Fortaleza sem que eles, os principais atingido pelos aumentos, tenham sido ouvidos. Ontem, de manhã, o prefeito recebeu o presidente da Fiec. Roberto Cláudio ouviu as ponderações de Beto Studart. À tarde, mandou à Fiec o superintendente da Agência de Fiscalização de Fortaleza (Agefis), Marcelo Pinheiro, para debater a nova lei com representantes dos 40 sindicatos filiados à Federação. Não há por enquanto indicação de que a Prefeitura vá rever a Lei. Mas só o fato de ouvi-los já animou os empreendedores.

Mudou

Nenhuma surpresa a saída de Heitor Férrer do PSB. Era só uma questão de tempo. Não tem sentido um dos principais opositores do governo estadual em um partido da base governista. Heitor vai para o Solidariedade se somar à deputada Aderlânia Noronha na tarefa de, não só se elegerem, mas também puxar votos para formar uma boa bancada. Aderlânia foi a segunda mais votada em 2014. Heitor, o quarto.

Implacável

No Solidariedade, Heitor Férrer encontra espaço para fazer o que mais gosta: apontar os erros do Governo. E mal terminou de assinar a ficha de filiação, já correu para o plenário para criticar a condução da crise da segurança pública, pelo governador. Para Heitor, o Estado está sendo incapaz de dar à sociedade uma resposta convincente: "É o crime organizado diante de um Estado desorganizado".

Réplica

Por seu turno, o líder do Governo na Assembleia, Evandro Leitão (PDT), ponderou que o momento vivido na área da segurança pública requer equilíbrio e compromisso com a coletividade. "Coragem é importante e o governador tem. No entanto, para governar um Estado ou uma cidade, o mais importante não é coragem. É equilíbrio emocional e compromisso com a coletividade", disse.

Vespertino

Até a década de 1980 as sessões na Assembleia eram à tarde, passando a ser pela manhã após a constituição estadual de 1989. Isto fez com que os deputados ganhassem mais visibilidade na mídia, ofuscando o que é discutido na Câmara Municipal de Fortaleza. Agora, os vereadores podem transferir suas sessões para o período vespertino. Pode ser que assim ganhem mais espaços na mídia.

Produtividade

Número de ações julgadas, em fevereiro deste ano, pelo Fórum das Turmas Recursais Professor Dolor Barreira, foi maior que a quantidade de processos distribuídos no mesmo mês. Para a diretora do Fórum, juíza Ana Cristina de Pontes Lima Esmeraldo, o resultado reflete o esforço diário dos magistrados para reduzir o acervo. São quatro Turmas Recursais. 12 juízes que atuam em regime de dedicação exclusiva.

"Nos dias atuais, uma das preocupações que tenho não é só com julgamento, mas também com a segurança de membros de minha família"

Edson Fachin, ministro do STF, que diz estar recebendo ameaças contra ele e sua família

Tem mais...

Essencial Oscar Costa Filho quer os postos de combustíveis funcionando nos feriados. Para o procurador da República, eles prestam serviço essencial à população e, por esse motivo, não podem ter funcionamento interrompido.

Essencial 2 Patrões (Sindipostos) e empregados (Sinpospetro) divergem a respeito do trabalho nos feriados e, por conta disso, os postos fecharam nos dias 19 e 25 de março. Segundo o MPF, vão ter que se entender.

Auditorias Ibiapina, Mulungu, Santana do Cariri e Ubajara, por sorteio, e Eusébio e Horizonte, escolhidos seguindo os critérios definidos pela matriz de extremo risco elaborada pela Secretaria de Controle Externo (Secex), serão os municípios fiscalizados pelo Tribunal de Contas do Estado, no mês de abril.

Últimos Artigos

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.