COLUNA

Paulo César Norões: busca da proteção divina

pc

Paulo Cesar Norões

Colunista de Política • pcnoroes@diariodonordeste.com.br

01:00 · 18.08.2018

Image-0-Artigo-2441312-1

Candidato em campanha não vende apenas ideias e projetos. É preciso, também, passar imagem de pessoa proba e de bons hábitos. É, sem dúvida, o período mais propício às manifestações de carinho e simplicidade. E haja bebê nos braços de políticos, apertos de mão em profusão, abraços em idosos, cafezinho na bodega simples, e, nos dias de hoje, as famosas selfies, muitas selfies. Período eleitoral é também momento de reforçar a imagem de bom cristão. Difícil, por exemplo, um político ir ao Cariri e não subir o Horto e tomar a bênção do Padre Cícero. Aliás, agora não só do 'Padim', mas também de Nossa Senhora de Fátima, no Crato, e Santo Antonio, em Barbalha. Foi o que fizeram Cid Gomes, Camilo Santana e Eunício Oliveira. Se depender de reza, o trio tem tudo para alcançar uma grande votação em outubro.

O que...

Campanhas já nas ruas, TRE dá as dicas do que a legislação proíbe: circular nas ruas com carro de som em funcionamento (permitido só em carreatas e comício, até meia-noite, e no último dia de campanha até 2 da manhã); não pode fazer propaganda em ônibus, vans, metrôs, táxis ou veículos de aplicativos, nem distribuir panfletos de candidatos nas escolas públicas.

...Não pode

É proibido, ainda, usar telemarketing, confeccionar, usar e distribuir brindes, como camisetas, bonés, chaveiros e canetas. Usar outdoors, inclusive eletrônicos, também não pode. Nem afixar cartaz em postes, sinais de trânsito, paradas de ônibus, jardins, árvores, viadutos, muros, tapumes, cinemas, clubes, lojas, centros comerciais, templos religiosos, ginásios, e bancas de revista.

Fórmula

Como noticiamos, é pra valer a ideia de Ciro Gomes de limpar os nomes de 63 milhões de brasileiros inadimplentes. Hoje, só no que se fala é na proposta. O candidato do PDT garante que vai conseguir uma fórmula dos credores, principalmente os bancos, perdoarem até 95% das dividas e a União parcelará os 5% restantes, com o devedor ainda tendo carência.

Crítica

Deputado Carlos Felipe (PCdoB) não anda satisfeito com o congelamento de recursos da União aos estados e municípios para a área da saúde. O percentual vem caindo há 20 anos, o que influi o FHC, Lula, Dilma e que se acentuou no Governo Temer. Para ele, a redução provocou um aumento em doenças que haviam desaparecido, como sarampo, rubéola, sífilis e até a mortalidade infantil.

"Burocracia do PT tenta explorar a justa gratidão de muita gente com o Lula, inventando que ele é candidato só para explorar a boa vontade do povo"

Ciro Gomes, candidato do PDT À Presidência da República

Tem mais...

Homenagem Universidade de Fortaleza será homenageada nesta terça-feira (21), na Assembleia Legislativa do Ceará, em sessão solene pelos 45 anos de fundação.

Reconhecimento Homenagem foi requerida pelos deputados Fernanda Pessoa e Bruno Gonçalves. Fernanda Pessoa é autora da lei que reconhece o Espaço Cultural Unifor como Patrimônio Histórico e Cultural do Ceará.

Cidadania Primeiro Secretário da Assembleia Legislativa, deputado Audic Mota, recebeu ontem o título de Cidadão Honorário de Milagres, a mais nobre honraria do município, outorgada pela Câmara Municipal. Reconhecimento pelo trabalho do deputado em favor do município caririense.

Últimos Artigos

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.