Coluna

Paulo Cesar Norões: Apoio a Eduardo Bismarck

pc

Paulo Cesar Norões

Colunista de Política • pcnoroes@diariodonordeste.com.br

01:00 · 05.04.2018

Filho do prefeito Bismarck Maia, de Aracati, Eduardo Bismarck, ganhou um apoio e tanto para sua candidatura a deputado federal. Rafael Sá, filho do prefeito Edson Sá, de Aquiraz, desistiu da postulação que pretendia em favor de Eduardo. Por tabela, o filho de Bismarck ganha apoio total do presidente da Câmara Municipal de Fortaleza, Salmito Filho, que disputa uma das vagas de deputado estadual. Os dois devem fazer dobradinha em Fortaleza e nos municípios da Região Metropolitana. O acordo entre as partes foi fechado no dia de ontem, durante reunião no gabinete do prefeito de Fortaleza, cargo que está sendo exercido, nesta semana, por Salmito. Detalhe: com as bênçãos do ex-governador Cid Gomes e do ex-deputado estadual Eudoro Santana, o pai do governador Camilo.

Montando chapa

Em Brasília, Capitão Wagner fechou a filiação de Vitor Valim ao PROS. Os dois, mais o deputado Vaidon Oliveira, serão os puxadores de voto pra deputado federal no partido. Isso, claro, se não houver uma reviravolta e a candidatura de Wagner para governador decole. O que é improvável, pois ele não abre mão de votar em Bolsonaro, algo com o que Tasso Jereissati não concorda.

Pela Educação

Quadro técnico de grande experiência na área, o secretário de Educação do Ceará, Idilvan Alencar, vai mudar de trincheira, mas não de bandeira. Ele deixa o cargo no Estado para disputar mandato de deputado federal. Para isso, ele já está se filiado ao PDT. Um dos entusiastas é o ex-governador Cid Gomes. Idilvan deve usar o sucesso da política educacional como bandeira de campanha.

Mobilidade

Em Washington, o prefeito Roberto Cláudio comandou uma das apresentações mais participativas no Seminário de Pesquisas sobre Cidades, organizado pela World Resources Institute (WRI). Ele apresentou projetos de mobilidade urbana implantados em Fortaleza como o Bicicletar e a redução das mortes no trânsito. Ao fim, só ouviu elogios do presidente do instituto, Andrew Steer.

Mensagens

O presidente Michel Temer aproveitou a solenidade de sanção da lei que flexibiliza o horário da Voz do Brasil para assinar decreto com a nova regulamentação da profissão de radialista no País. O discurso de Temer, aliás, foi repleto de mensagens cifradas de apoio ao fim da prisão em segunda instância. Algo que beneficia Lula, hoje, mas pode beneficiar a ele mesmo no futuro...

"Em termos de desgaste (para o STF), a estratégia não poderia ser pior"

Marco Aurélio Mello, ministro do Supremo, durante a sessão de ontem, em crítica à presidente da Corte, ministra Cármen Lúcia, por não ter levado ao plenário, antes do habeas corpus de Lula, ações que poderiam

Ter pacificado a questão das prisões após condenação em segunda instância.

Tem mais...

Volta à normalidade Passado o julgamento do habeas corpus do ex-presidente Lula, o que mais se espera é que se restabeleça no País a normalidade institucional. O Brasil passa por momento político delicado. O racha político tem levantado questões sombrias como ataques desmedidos a honra das pessoas, uma onda de notícias falsas que desequilibra o jogo político e até mesmo declarações sugestivas de intervenção militar, um impensável retrocesso.

Só o tempo dirá No mais, as perguntas a serem respondidas são: Lula será mesmo preso? Quando? O PT vai insistir em uma possível e, agora, improvável candidatura dele à Presidência? Sem Lula no jogo, como se comportará o eleitorado que tem lhe garantido a liderança das pesquisas? A todas estas perguntas, o tempo.

Inácio Aguiar, redator interino.

Últimos Artigos

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.