coluna

Paulo Cesar Norões: A ordem é acelerar

pc

Paulo Cesar Norões

Colunista de Política • pcnoroes@diariodonordeste.com.br

01:00 · 20.01.2018

Na última sexta-feira, no início da reunião do Monitoramento de Ações e Programas Prioritários (MAPP), o governador Camilo Santana mostrou aos seus secretários, os resultados fiscais do Estado nos três anos do seu mandato até aqui. O equilíbrio possibilitou ao Ceará ficar no topo da lista de investimentos públicos no Brasil em um período de extrema crise financeira para os estados. Mas a reunião foi também de cobranças aos auxiliares. O chefe do Executivo quer mais celeridade em obras importantes para que possa realizar maratona

De inaugurações neste

Ano eleitoral, de olho nas urnas. Só na Educação são quase 200 obras a serem entregues. Outra cobrança que fez foi em relação a projetos na Saúde. O governo tenta dar êxito à estratégia elaborada para zerar a fila das cirurgias eletivas nos hospitais do Estado.

Sem resistência

Image-0-Artigo-2352314-1

A reaproximação política entre o presidente do Senado, Eunício Oliveira, e o governador Camilo Santana tem sido criticada, nos bastidores, por alguns petistas. Um membro qualificado do partido no Estado diz, entretanto, que esta não é a visão geral. "Não vejo essa rejeição dentro do PT a um possível acordo com Eunício. No momento, a prioridade é nacional, mas isso será debatido".

Nova casa?

Na tarde de sexta-feira, o deputado Heitor Férrer encaminhou às redações nota em que informa reunião com representantes da Rede Sustentabilidade. O parlamentar diz ter sido convidado a integrar os quadros do partido que tem como líder nacional a ex-senadora Marina Silva. Heitor quer ficar no PSB, mas ainda vai conversar com o comando da legenda.

Delírio

De tão bagunçado, o cenário político segue despertando os sonhos e delírios dos que desejam chegar - ou retornar - ao Poder. O mais novo nome da lista de pré-candidatos à Presidência da República nas eleições deste ano é Fernando Collor. Não é piada, é aquele mesmo que confiscou poupanças e teve de renunciar para não sofrer o impeachment.

Controle?

O governo federal tem colocado o controle da inflação entre os trunfos de Temer. No cotidiano do fortalezense, no entanto, a reclamação é de que este controle dos preço não chegou aos supermercados. Some-se a isso o aumento estratosférico dos combustíveis nas bombas. Enquanto isso, salários em praticamente zero de ganho real. Difícil acreditar.

50 anos

Neste mês de janeiro, o Conselho Regional de Administração completa 50 anos. Na última quarta-feira, profissionais de destaque na área foram homenageados em solenidade com a presença de Wagner Siqueira, presidente do Conselho Federal de Administração. Em alusão à data, foram plantadas 50 mudas de árvores nativas no Parque do Cocó.

"Não sou carismático e quase não me elegi deputado"

Rodrigo Maia, presidente da Câmara, ao despistar uma possível candidatura ao Planalto pelo DEM. Nos bastidores, ele articula apoios para dar capilaridade a intenção.

Tem mais...

Bom impeachment pra você. O processo de impeachment de qualquer presidente é um momento rico para observação da política nacional e a certeza de um acontecimento que estará marcado na história do País. Circular pelos corredores do Congresso Nacional num momento como esse é respirar os ares do embate político e vivenciar episódios difíceis de esquecer. Em agosto de 2016, o Senado Federal debatia a cassação do mandato da presidente Dilma Rousseff. Uma guerra declaratória estava armada entre os defensores da petista e o grupo, claramente majoritário, que queria a sua saída do poder. Em meio ao turbilhão de informações, surgiu o questionamento: quantos brasileiros estavam realmente atentos ao processo? Na parada rápida que fiz para o almoço, tive a resposta. Ao fechar a conta, o garçom agradeceu e disse: "Boa tarde e bom impeachment pra você".

Inácio Aguiar, redator interino.

Últimos Artigos

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.