Matéria-901303

Lustosa da Costa

sobralense@uol.com.br

18:08 · 14.12.2010
Alencarinas

Considerado o modernizador do Superior Tribunal de Justiça, o cearense Cesar Asfor Rocha assim é definido pelo ex-ministro da Justiça Márcio Thomas Bastos, um dos maiores advogados do Brasil de todos os tempos: "Como conselheiro da OAB, votei na sua indicação para o STJ, na vaga dos advogados. Tornou-se grande magistrado. Continua excelente ser humano"...

Talento

Mulato, homossexual e pobre, João do Rio se impôs ao País pela originalidade de seu talento, como jornalista, cuja obra não morreu com o passar das décadas. Continua na moda. Não será que Humberto de Campos também estava a merecer a chance de ressurreição?

Alencarinas II

O juiz Mantovani Colares é o único cearense presente ao maior congresso tributário, ora realizado em São Paulo, convidado, pela quarta vez, a participar de tal tipo de evento... Vai ser prestada homenagem ao publicitário Tarcísio Tavares, que receberá o Troféu Assis Santos, concedido pelo Sindicato das Agências de Propaganda do Ceará, no Mucuripe Clube, esse TT de quem os colegas de ofício receberam boas lições profissionais e, principalmente, de solidariedade humana...

Demagogia

Nos últimos tempos, cresceu o número de empresários na vida pública. E, com sua presença, a demagogia da austeridade da redução de salários dos que exercem cargos públicos. Chegamos ao extremo de remunerar com pouco mais dez mil reais um ministro de Estado. Que não pode viver nem sustentar a família com tal quantia. A solução tem sido, em tempos mais honestos, lhes dar um "bico", ou seja: lugar num conselho de empresa estatal, para lhe complementar a remuneração.

Outras fórmulas

Lembro que, aos tempos das privatizações, de que nasceram milionários da noite para o dia, ministro de Estado que resolveu que somente a corretora de seus filhos podia ganhar comissões vendendo ações da Telebras. Até viagem sua à Europa foi paga por empresa interessada em adquirir companhia telefônica estatal. Outro ganhava tão bem, vendendo bens do Estado, que, quando deu fé, estava com seus cavalos de raça em jockeys clubes da Europa, saindo, para tanto, de avião, dum país para o outro.

Salários dignos

Parece que, agora, vão pagar salários condignos a ministros de Estado. Menos do que ganham jornalistas de televisão de cadeia nacional, mas o suficiente para vida digna. Agora, a demagogia persiste quando Lula fala em adquirir avião novo para a Presidência da República. Quando do Aerolula, a imprensa golpista difundiu a ideia de que o presidente ia comprar um jatão de primeira linha para ele. Agora que se vê que o avião foi adquirido para o Estado, volta a toada quando ele fala em comprar aparelho condigno para bem transportar o governante brasileiro a outros países. Bons tempos eram aqueles em que empresários ganhavam pouco, nos cargos que exerciam, mas suas empresas faturavam milhões e eles ganhavam outras, sem tirar um real do bolso, somente por conta do exercício do posto.

Últimos Artigos

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.