Eleição em Aracati

Candidato do PDT é líder na pesquisa

00:59 · 15.08.2012
É grande a diferença do primeiro para o segundo lugar na disputa, conforme os números da pesquisa do Ibope

Francisco Ivan Silvério da Costa (Ivan Silvério), candidato do PDT à Prefeitura do Município de Aracati, se as eleições fossem hoje, estaria eleito prefeito, segundo pesquisa do Ibope, contratada pelo Diário do Nordeste, realizada no período de 11 a 13 últimos e registrada no Tribunal Regional Eleitoral, conforme determina a legislação vigente.



Em Aracati estão disputando a Prefeitura os candidatos Ivan Silvério, José Evaldo Silva (Dr. Evaldo) e Regina Lúcia Cardoso Barbosa (Regina Cardoso). O primeiro é do PDT e tem uma aliança denominada de "Aracati Pra Frente", o segundo foi apresentado pelo PSL, e não tem coligação, e finalmente a terceira representando o PSB com a coligação denominada de "O Futuro Começa Agora".

Especificações




A pesquisa ouviu um total de 301 eleitores com a finalidade de levantar junto aos eleitores da área em estudo opiniões relacionadas a assuntos políticos e administrativos, posto ter perguntado aos eleitores sobre suas preferências em relação aos candidatos, bem como sobre os problemas da administração municipal que mais os preocupam.

As entrevistas foram feitas com eleitores de 16 anos ou mais da área de estudo. O modelo de amostragem utilizado foi o de conglomerados em dois estágios, sendo que no primeiro são selecionados os conglomerados dos setores censitários e no segundo estágio selecionados de cada conglomerado um número fixo de eleitores segundo cotas de variáveis.



O intervalo de confiança é estimado em 95% e a margem de erro máxima estimada é de seis pontos percentuais para mais ou para menos sobre os resultados encontrados no total da amostra do estudo. As entrevistas foram pessoais com utilização de questionário elaborado de acordo com os objetivos da pesquisa. As entrevistas foram realizadas por uma equipe de entrevistadores contratados pelo Ibope, devidamente treinada para abordagem desse tipo de público. Houve ainda filtragem em todos os questionários após a realização das entrevistas e também fiscalização em aproximadamente 20% dos questionários.

Números

Segundo o relatório apresentado pelo Ibope, o candidato do PDT, Ivan Silvério lidera a disputa com 44% das intenções de voto, seguida por Regina Cardoso (PSB), que obtém o percentual de 36%. Em um patamar inferior, Dr. Evaldo (PSL) é mencionado por 4% dos eleitores do Município. Aqueles que declaram a intenção de votar em branco ou anular o voto totalizam 4% das citações, enquanto os eleitores que estão indecisos ou preferem não responder somam 3%.



Os pesquisadores também perguntaram aos entrevistados em quem votariam para prefeito sem a apresentação dos nomes dos candidatos. Neste contexto, Ivan Silvério tem 43% das menções espontâneas, seguido por Regina Cardoso, mencionada por 27% do eleitorado. Dr. Evaldo, recebe 1% das menções. Os eleitores que declaram a intenção de votar em branco ou anular o voto somam 2%, enquanto 27% declaram não saber ou preferem não responder a respeito.

Quando perguntado aos eleitores de Aracati em quais candidatos não votariam de jeito nenhum, o Ibope possibilita aos entrevistados mencionarem mais de um nome. Regina Cardoso obtém o maior índice de rejeição (48%), seguido por Dr. Evaldo e Ivan Silvério, com 27% e 21% das menções respectivamente. Aqueles que declaram não rejeitar candidato algum representam 9% dos eleitores, enquanto 6% do eleitorado afirmam não saber em quem votar ou preferem não responder.

Capital
TRE julga recursos dos postulantes


O pleno Tribunal Regional Eleitoral (TRE) do Ceará decidiu, por unanimidade, na sessão de ontem, pelo deferimento da candidatura de Ronivaldo Maia (PT) à Câmara Municipal de Fortaleza. O petista, candidato à reeleição, é o líder da prefeita Luizianne Lins (PT) no Legislativo municipal. Na mesma sessão, o Tribunal manteve o indeferimento da candidatura de Valdeci Cunha (PRTB) à Prefeitura de Fortaleza.

O registro de candidatura de Ronivaldo havia sido questionado pelo Ministério Público Eleitoral devido ao fato de o parlamentar ter tido contas desaprovadas pelo Tribunal de Contas dos Municípios enquanto gestor da Emlurb nos anos de 2004 e 2005. No entendimento da Corte Eleitoral, no entanto, como o próprio TCM, posteriormente, reviu a decisão e a modificou em benefício de Ronivaldo Maia, o parlamentar teve o seu pedido de registro de candidatura deferido.

Quitação

Já a candidatura de Valdeci Cunha foi indeferida por ausência de quitação eleitoral relativa ao pleito de 2010. Assim, a Corte manteve a sentença de primeiro grau que tornou o candidato inelegível para o pleito deste ano. Valdeci Cunha ainda pode recorrer da decisão ao Tribunal Superior Eleitoral.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.