Aprovado na Câmara

Boulos recebe título de cidadania fortalezense

01:00 · 04.04.2018

A Câmara Municipal de Fortaleza aprovou, ontem, título de cidadão fortalezense para o ativista Guilherme Boulos, líder do Movimento dos Trabalhadores Sem-Teto (MTST) e pré-candidato do PSOL à Presidência da República. A proposta partiu da vereadora Larissa Gaspar (PPL).

"Uma vez que estamos diante de uma história de vida integralmente vocacionada para a militância em prol da coletividade, sobremodo dos que se encontram historicamente à margem do poder, mister faz-se o reconhecimento da luta e das contribuições de Guilherme Castro Boulos para o País, para Fortaleza e sua gente", diz a vereadora, na justificativa da proposta.

Usualmente, concessões de cidadania são aprovadas por consenso. Dessa vez, entretanto, a propositura teve oposição. Priscila Costa (PRTB), Soldado Noélio (PR), Plácido Filho (PSDB), Mairton Félix (PDT), Jorge Pinheiro (PSDC) e Adail Jr. (PDT) pediram para que fosse registrado voto contrário à proposta. Adriano Bento (Patri), que havia assinado o projeto, solicitou a retirada de seu apoio alegando "que não reconhece o cidadão em tela como personalidade digna de receber o título de cidadão de nossa cidade".

Outros parlamentares foram à tribuna defender o projeto. Márcio Martins (PR) declarou que apoiou a iniciativa por entender que a Câmara deve ser uma Casa plural, "inclusive naquilo que às vezes não me contempla". Ele afirmou que, pelo mesmo motivo, assinou um projeto de autoria de Adriano Bento dando o título ao presidenciável Jair Bolsonaro (PSL).

Tradição

Ésio Feitosa (PPL) também defendeu a proposta de Larissa Gaspar. De acordo com ele, aprovações de concessões de títulos de cidadania são tradição da Casa. "Quando não por consenso, pela ampla maioria", disse. Líder do governo na Câmara, Feitosa destacou, ainda, que o apoio da medida era individual de cada vereador, não havendo orientação específica para a base.

A Casa também aprovou ontem a criação de duas comendas. Uma surge por proposta do presidente da Casa e prefeito em exercício, Salmito Filho (PDT). Por sua iniciativa, o plenário criou a Medalha Economista Celso Furtado, que homenageará anualmente um economista que tenha se destacado na área acadêmica ou na execução de políticas desta área em Fortaleza. A homenagem leva o nome do autor de "Formação Econômica do Brasil", uma das mais influentes obras econômicas do País.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.