Deputados na AL

Após semana sem sessões, plenário não é prioridade

00:00 · 11.06.2018

Durante a última semana, os deputados da Assembleia Legislativa participaram apenas de uma sessão ordinária, na terça-feira passada (5), com apenas metade dos membros do Legislativo Estadual. Por conta do I Seminário Internacional sobre Segurança Pública, iniciativa da própria Casa, as sessões foram suspensas e praticamente todos os parlamentares aproveitaram a semana para intensificar aproximação com o eleitorado com vistas ao pleito deste ano. Poucos participaram do seminário.

Diversos foram os municípios visitados por eles nos últimos dias, o que deve se intensificar ainda mais nos próximos meses. Já o Plenário 13 de Maio, como os próprios deputados atestaram, tende a permanecer esvaziado, com poucos fazendo uso da tribuna, como, inclusive, já vem ocorrendo há alguns meses.

Leonardo Araújo (MDB) aproveitou os dias sem sessões para resolver "pendências" das bases eleitorais. Na quarta-feira (6), por exemplo, ele se reuniu, em Brasília, com representantes do Ministério da Integração Nacional, em busca de recursos para Pacatuba, Madalena, Palmácia e Uruburetama. Para Araújo, a tendência é que o Plenário 13 de Maio fique mais esvaziado.

João Jaime (DEM) também visitou os municípios de Canindé, Pereiro, Caridade e Santana do Cariri. Para ele, a pré-campanha deve continuar afetando a Assembleia. "Acredito que os debates em plenário serão prejudicados, pois estão sendo substituídos pelas idas ao Interior, que também é um papel do deputado, mas o importante é votar as matérias", defendeu.

Projetos

A deputada Silvana Oliveira (PR) criticou a realização do Seminário sobre Segurança Pública em dias de sessões ordinárias, mas informou que, na semana passada, aproveitou para trabalhar em seus projetos e visitar o município de Acaraú.

Presidente da Comissão de Constituição e Justiça, Sérgio Aguiar (PDT) realizou, na semana passada, uma reunião extra do colegiado e visitou municípios para participar de atividades de prefeituras. Já o deputado Heitor Férrer (SD) disse que realizou apenas atividades internas de gabinete. Capitão Wagner (PROS), por sua vez, participou de alguns painéis do Seminário sobre Segurança Pública e de evento do partido na sexta e no sábado, na Assembleia.

Odilon Aguiar (PSD) esteve em Tauá. "Cada vez mais as sessões na sede do Poder Legislativo vão ficando mais escassas em decorrência da pré-campanha", admitiu. Aderlânia Noronha (SD) também intensificou, na última semana, atividades no Interior, com visitas aos municípios de Quiterianópolis e Banabuiú.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.