aliados de facção

Três homens são presos suspeitos de praticar duplo homicídio

01:00 · 16.06.2018 / atualizado às 02:54
Image-0-Artigo-2415075-1
Conforme a Polícia Civil, um dos suspeitos liderava e os outros dois integravam a 'Gangue do 3V', aliada ao Comando Vermelho ( FOTO: NATHINHO RODRIGUES )

Três homens foram presos em uma operação policial, deflagrada na última sexta-feira (15), no bairro Vila Velha, por suspeita de participarem das mortes de um adolescente de 14 anos, e de um motorista de um aplicativo de transporte privado, ocorridos no último mês de março. De acordo com a Polícia Civil, o trio fazia parte da 'Gangue do 3V', aliada à facção criminosa Comando Vermelho (CV). Um suspeito permanece foragido.

Os três homens, suspeitos de praticarem homicídios naquela região, foram identificados como Antônio Lucas Alves Bezerra, de 18 anos, sem antecedentes criminais; André de Sousa Ferreira, de 27 anos, que responde por crime ambiental, porte ilegal de arma de fogo, roubo e homicídio doloso; e Fred Rodrigues Lima, de 25 anos, com passagens por tráfico de drogas e homicídio doloso.

Segundo as investigações, a disputa entre grupos criminosos que atuam naquela área é motivada, principalmente, pelo tráfico de drogas. "Justamente por episódios de frontal enfrentamentos de grupos criminosos, identificamos essa área e demos as diretrizes de atuação para arrefecer as ocorrências de homicídios", afirma o diretor da Divisão de homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), delegado Leonardo Barreto.

As vítimas do trio foram identificadas como Felipe de Sousa Costa, de 14 anos, assassinado no último dia 15 de março; e Alexandre Lima Oliveira, motorista de um aplicativo de transporte particular, que, segundo a Polícia Civil, se perdeu dentro do bairro Vila Velha e foi morto no dia 24 do mesmo mês, por ter sido confundido como um integrante do grupo criminoso rival. Nenhuma das vítimas tinha antecedentes criminais.

Antônio Bezerra, André Ferreira e Fred Rodrigues Lima foram ouvidos e encaminhados à DHPP. Segundo a Especializada, eles foram indiciados pelos dois homicídios dolosos.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.