Traficante é preso após um atentado - Polícia - Diário do Nordeste

Cajazeiras

Traficante é preso após um atentado

10.10.2012

Segundo a Polícia, o criminoso é responsável por, pelo menos, dez assassinatos na área da Messejana e Barroso

Uma tentativa de homicídio deixou os moradores do bairro Cajazeiras apavorados, na manhã de ontem. O fato também resultou na prisão de um homem envolvido com o tráfico de drogas na Grande Messejana e acusado de ter comandado, pelo menos, dez assassinatos nos últimos meses naquela área da Capital, conforme a Polícia.


O carro blindado ocupado pelo traficante e seus comparsas foi alcançado pelos bandidos rivais na Avenida Deputado Paulino Rocha. Quando começou o tiroteio, o motorista tentou fugir, mas perdeu o controle da direção e bateu Fotos: Alex Costa

Vários tiros foram disparados em direção ao Corolla preto, blindado, de placas DMB-7775, que trafegava pela Avenida Deputado Paulino Rocha e era dirigido por Carlos Antônio Alves de Souza. 25. Além dele, estava no carro o traficante Daniel Barros de Araújo, 27, conhecido por "Novato". Contra ele havia dois mandados de prisão em aberto.

Segundo a Polícia, ´Novato´ vinha promovendo uma sequência de assassinatos na área compreendida pelo Conjunto Palmeiras, Jangurussu e na Favela Jagatá, onde tiroteios e mortes são constantes.

Carlos Antônio, que responde a processos por roubo e furto, disse aos policiais da 2ª Companhia do 5ºBPM (Messejana) que a tentativa de assassinato foi praticada por homens que estavam em um polo de cor preta. Para tentar fugir dos tiros, o guiador deu marcha à ré no carro, mas bateu em uma barreira de cimento. Depois que o Corolla bateu, "Novato" desceu, atravessou a avenida e tentou se esconder em um posto de combustíveis. Carlos Antônio disse que estava sozinho no carro, entretanto testemunhas confirmaram que o traficante desceu do carro e correu em direção ao posto.


Cerca de 30 tiros de pistola foram disparados contra o automóvel importado. Mas a blindagem evitou que os ocupantes do Corolla fossem atingidos. Rapidamente, a Polícia Militar cercou a área e deteve os suspeitos. ´Novato´ acabou algemado

Naquele momento, duas patrulhas do Ronda do Quarteirão (RDs 1068 e 1078) já estavam no local do tiroteio. Os PMs pediram reforço e equipes da Força Tática de Apoio (FTA) e do Serviço Reservado da 2ª Companhia do 5ºBPM chegaram rapidamente. O comandante da 2ª Companhia do 5ºBPM, major Wilson Melo, ressaltou que o atentado tem relação com drogas.

De acordo com as investigações "Novato" teria ordenado a morte de traficantes que tentavam tomar os pontos de venda de drogas dominados pelo comparsa dele, Anthony Barbosa Bezerra, mais conhecido por "Tony", que foi assassinado a tiros, no dia 5 de julho deste ano na Avenida dos Jangadeiros, no limite dos bairros Vicente Pinzón e Serviluz (antigo Farol).


Daniel Barros de Araújo, 27, o ´Novato´, teria ordenado várias execuções sumárias nas últimas semanas, como forma de garantir o controle da venda drogas nas comunidades do Barroso, Jangurussu, Palmeiras, Jagatá e Conjunto Maria Tomázia

Cadeia

Os mandados de prisão contra "Novato" são por conta de tráfico de drogas. Segundo o major Wilson Melo, "atualmente, os traficantes moram em um bairro e abastecem as bocadas (pontos de venda) de outras áreas. Na maioria das vezes, eles têm os próprios pontos, mas sempre fora dos bairros onde moram. Se alguém tenta dominar o pedaço´, eles matam ou mandam matar", revelou o oficial da PM.

Na tarde de segunda-feira, o Corolla foi visto em um local de crime, no Loteamento Montenegro II, próximo ao Conjunto José Walter, onde desconhecidos mataram o jovem Pedro de Sousa Pereira, 21, quando este estava na casa da namorada.

´Márcio do Gueto´ ainda está foragido da Barra

Do outro lado da cidade, na zona Oeste, a Polícia continua em diligências na tentativa de capturar outro bandido envolvido no tráfico de drogas e que, conforme as autoridades, é o mandante de dezenas de assassinatos de traficantes concorrentes e de usuários que não quitaram suas dívidas pela compra de crack e outros entorpecentes.

O bandido, conhecido por ´Márcio do Gueto´, está sendo caçado por policiais da 3ª Companhia do 5º BPM (Cristo Redentor) e pelos agentes da Coordenadoria de Inteligência (Coin), da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social, além das equipes da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). Na manhã do último domingo, parte da quadrilha de ´Márcio do Gueto´ foi presa durante um tiroteio com a PM na Avenida Leste-Oeste. Um adolescente que fazia parte do bando acabou morrendo no confronto. Três comparsas foram detidos.

FERNANDO BARBOSA
REPÓRTER

Comente essa matéria


Editora Verdes Mares Ltda.

Praça da Imprensa Chanceler Edson Queiroz. Bairro: Dionísio Torres

Fone: (85) 3266.9999

X Fechar

Desejas compartilhar o conteúdo do Diário do Nordeste?

Utilize o link da notícia ou as ferramentas presentes na página.