Traficante é preso após um atentado - Polícia - Diário do Nordeste

Cajazeiras

Traficante é preso após um atentado

10.10.2012

Segundo a Polícia, o criminoso é responsável por, pelo menos, dez assassinatos na área da Messejana e Barroso

Uma tentativa de homicídio deixou os moradores do bairro Cajazeiras apavorados, na manhã de ontem. O fato também resultou na prisão de um homem envolvido com o tráfico de drogas na Grande Messejana e acusado de ter comandado, pelo menos, dez assassinatos nos últimos meses naquela área da Capital, conforme a Polícia.


O carro blindado ocupado pelo traficante e seus comparsas foi alcançado pelos bandidos rivais na Avenida Deputado Paulino Rocha. Quando começou o tiroteio, o motorista tentou fugir, mas perdeu o controle da direção e bateu Fotos: Alex Costa

Vários tiros foram disparados em direção ao Corolla preto, blindado, de placas DMB-7775, que trafegava pela Avenida Deputado Paulino Rocha e era dirigido por Carlos Antônio Alves de Souza. 25. Além dele, estava no carro o traficante Daniel Barros de Araújo, 27, conhecido por "Novato". Contra ele havia dois mandados de prisão em aberto.

Segundo a Polícia, ´Novato´ vinha promovendo uma sequência de assassinatos na área compreendida pelo Conjunto Palmeiras, Jangurussu e na Favela Jagatá, onde tiroteios e mortes são constantes.

Carlos Antônio, que responde a processos por roubo e furto, disse aos policiais da 2ª Companhia do 5ºBPM (Messejana) que a tentativa de assassinato foi praticada por homens que estavam em um polo de cor preta. Para tentar fugir dos tiros, o guiador deu marcha à ré no carro, mas bateu em uma barreira de cimento. Depois que o Corolla bateu, "Novato" desceu, atravessou a avenida e tentou se esconder em um posto de combustíveis. Carlos Antônio disse que estava sozinho no carro, entretanto testemunhas confirmaram que o traficante desceu do carro e correu em direção ao posto.


Cerca de 30 tiros de pistola foram disparados contra o automóvel importado. Mas a blindagem evitou que os ocupantes do Corolla fossem atingidos. Rapidamente, a Polícia Militar cercou a área e deteve os suspeitos. ´Novato´ acabou algemado

Naquele momento, duas patrulhas do Ronda do Quarteirão (RDs 1068 e 1078) já estavam no local do tiroteio. Os PMs pediram reforço e equipes da Força Tática de Apoio (FTA) e do Serviço Reservado da 2ª Companhia do 5ºBPM chegaram rapidamente. O comandante da 2ª Companhia do 5ºBPM, major Wilson Melo, ressaltou que o atentado tem relação com drogas.

De acordo com as investigações "Novato" teria ordenado a morte de traficantes que tentavam tomar os pontos de venda de drogas dominados pelo comparsa dele, Anthony Barbosa Bezerra, mais conhecido por "Tony", que foi assassinado a tiros, no dia 5 de julho deste ano na Avenida dos Jangadeiros, no limite dos bairros Vicente Pinzón e Serviluz (antigo Farol).


Daniel Barros de Araújo, 27, o ´Novato´, teria ordenado várias execuções sumárias nas últimas semanas, como forma de garantir o controle da venda drogas nas comunidades do Barroso, Jangurussu, Palmeiras, Jagatá e Conjunto Maria Tomázia

Cadeia

Os mandados de prisão contra "Novato" são por conta de tráfico de drogas. Segundo o major Wilson Melo, "atualmente, os traficantes moram em um bairro e abastecem as bocadas (pontos de venda) de outras áreas. Na maioria das vezes, eles têm os próprios pontos, mas sempre fora dos bairros onde moram. Se alguém tenta dominar o pedaço´, eles matam ou mandam matar", revelou o oficial da PM.

Na tarde de segunda-feira, o Corolla foi visto em um local de crime, no Loteamento Montenegro II, próximo ao Conjunto José Walter, onde desconhecidos mataram o jovem Pedro de Sousa Pereira, 21, quando este estava na casa da namorada.

´Márcio do Gueto´ ainda está foragido da Barra

Do outro lado da cidade, na zona Oeste, a Polícia continua em diligências na tentativa de capturar outro bandido envolvido no tráfico de drogas e que, conforme as autoridades, é o mandante de dezenas de assassinatos de traficantes concorrentes e de usuários que não quitaram suas dívidas pela compra de crack e outros entorpecentes.

O bandido, conhecido por ´Márcio do Gueto´, está sendo caçado por policiais da 3ª Companhia do 5º BPM (Cristo Redentor) e pelos agentes da Coordenadoria de Inteligência (Coin), da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social, além das equipes da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). Na manhã do último domingo, parte da quadrilha de ´Márcio do Gueto´ foi presa durante um tiroteio com a PM na Avenida Leste-Oeste. Um adolescente que fazia parte do bando acabou morrendo no confronto. Três comparsas foram detidos.

FERNANDO BARBOSA
REPÓRTER

Comente essa matéria


Editora Verdes Mares Ltda.

Praça da Imprensa, S/N. Bairro: Dionísio Torres

Fone: (85) 3266.9999