humorista assassinado

Suspeitos estão sendo procurados

01:00 · 04.05.2018
Fonsequinha
O humorista 'Fonsequinha' trabalhava como motorista de um aplicativo de transporte, quando foi executado

A dupla criminosa suspeita do duplo homicídio registrado, na noite da última quarta-feira (2), no bairro Planalto Ayrton Senna, ainda não foi identificada. Conforme a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), as diligências estão sendo feitas em busca dos suspeitos do caso.

No fim da tarde de ontem, a Pasta informou que as investigações dos assassinatos estão em andamento, e são conduzidas pela Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). Os primeiros levantamentos realizados no local do crime foram feitos pela DHPP e pela Perícia Forense do Estado do Ceará (Pefoce).

Os mortos na ocorrência foram identificados como Robson Borges da Silva Filho, de 24 anos; e o humorista Francisco Fonseca Neto, 52, conhecido como 'Fonsequinha'. O alvo da ação seria Robson Filho. Fonseca trabalhava como motorista de um aplicativo de transporte, quando foi executado.

Alvo

Segundo moradores do bairro, apenas Robson filho era procurado pelos atiradores. Ele tinha antecedentes criminais por homicídio, roubo e tráfico de drogas. A vítima havia embarcado no carro instantes antes das execuções. Um colega de 'Fonsequinha' disse à reportagem que a solicitação da viagem foi feita por uma mulher.

O automóvel foi abordado por volta das 18h, na Rua Joaquim dos Anjos. Populares disseram que os criminosos estavam em uma motocicleta e já se aproximaram do veículo efetuando disparos de arma de fogo contra os ocupantes. A motivação do crime segue desconhecida.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.