Após ameaças

Radialista é morto em Morada Nova

01:00 · 12.08.2017
Image-0-Artigo-2282170-1
Franzé José Rodrigues, 43, era radialista, mas havia se afastado da função após sofrer ameaças de morte

O radialista Franzé José Rodrigues, 43, foi assassinado na tarde da última sexta-feira (11), na localidade de Açude Velho, em Morada Nova, a aproximadamente 170Km de Fortaleza. Conforme a Polícia Civil, dois homens dispararam vários tiros na cabeça da vítima.

Franzé saía da residência da mãe, por volta de 13h30, quando foi surpreendido pelos criminosos, que trafegavam em uma motocicleta e estavam com os rostos cobertos. O radialista foi atingido pelos disparos de arma de fogo pelas costas, sem chances de defesa.

Conforme nota da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), equipes da Delegacia Municipal de Morada Nova realizaram os primeiros levantamentos acerca do caso. A Perícia Forense do Estado do Ceará (Pefoce) também foi acionada ao local, para colher informações e recolher o corpo da vítima. De acordo com peritos, a arma utilizada para o crime foi um revólver calibre 38.

Afastamento

Moradores da região contaram que Franzé se afastou da rádio após sofrer constantes ameaças de morte, devido às denúncias relacionadas ao tráfico de drogas no Município, que eram transmitidas em seu programa. Atualmente, ele trabalhava com instalação de internet.

O radialista foi alvo de um atentado, em janeiro de 2011, em Morada Nova, sendo alvejado por quatro tiros - três no peito e um na cabeça. Contudo, ele foi encaminhado ao Instituto Dr. José Frota (IJF) e resisitiu aos ferimentos. Nas eleições de 2016, Franzé se candidatou a vereador, mas não foi eleito.

A Polícia Civil informou que as investigações para descobrir a motivação e a autoria do delito foram iniciadas. Até o fechamento desta matéria, nenhum dos suspeitos foi preso pelo crime.

© Todos os direitos reservados. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível ação judicial.